HSMAI Brasil no Recife discute dilema OTA's X canais diretos

De Recife (PE)*

Paulo Mendes, da TravelClick
(foto: Hugo Okada)

Quando o tema OTA's versus canais diretos entra em pauta não ha sequer um profissional de vendas na hotelaria que não tenha a sua atenção totalmente voltada para este dilema que, no mínimo, divide opiniões.

Paridade tarifária, ações de incentivo, programas de fidelidade, frigobar incluso na tarifa foram alguns dos temas levantados por Paulo Mendes, diretor de Vendas Brasil da TravelClick e segundo palestrante do primeiro Power Breakfast HSMAI Brasil na região Nordeste, realizado hoje no Golden Tulip Recife Palace Hotel.

"Eu não levanto bandeira contra OTA's ou contra operadoras, e sim defendo a ideia de que não tenhamos tamanha dependência delas como hoje temos", explica Mendes. "Há um ano e meio atrás estive reunido com hoteleiros que queriam conselhos para alcançar um equilíbrio em meio a um cenário em que muitos emprreendimentos estavam baixando suas diárias médias. A solução encontrada foi a criação de um "petit comitê" entre os hotéis, para que as decisões fossem tomadas em conjunto, nada a ver com cartel, porque na prática isso pode não funcionar porque cada um tem que continuar alinhado a sua própria realidade e pagar as suas contas", complementa.

Segundo o especialista, "a principal porta de venda em um hotel ainda é o canal direto. Há de se ter diferenciais que convençam o viajante a comprar por meio do site e não pela OTA. Exemplo: há empreendimentos que já vendem pacotes corporativos, com jornal, conexão e estacionamento. A Marriott por exemplo, oferece um pacote dining que dá ao hóspede um voucher de US$ 50 para serem gastos nos restaurantes da região. Isso é pensar em inovação e os millenials adoram. Pensem em algo que agregue valor dentro do seu site. No Brasil não há tour com elefantes, mas existem tours em comunidades do Rio de Janeiro que fazem muito sucesso. Para finalizar, quero citar um case de um hotel que, para incentivar os reviews dos seus hóspedes, passou a oferecer 10% de desconto para aqueles que deixassem no check-out, os seus comentários. Pensem fora da caixa".

Serviço
hsmaibrasil.org

* A reportagem do Hôtelier News viajou para Recife a convite da HSMAI Brasil.

Comentários