HSMAI Brasil: palestra aponta tendências para indústria do turismo

HSMAI - Luke BujarskiBujarski conduziu a palestra via Skype

Logo após o retorno do almoço, a 5° Annual Strategy Conference da HSMAI Brasil falou sobre tendência para a indústria turística. Em uma palestra via Skype, Luke Bujarski falou sobre como, na era digital, fazer a pergunta certa é fundamental o planejamento de qualquer empresa.

Fundador do conhecido site de viagens Skift, Bujarski atualmente toca o site Luft, dedicado a tendências, insights e pesquisas sobre o setor turístico. “Há um grande desafio para as empresas em se posicionar corretamente em meios às transformações do jeito que o consumidor navega na internet ou faz suas pesquisa e consome na internet. Isso vale para todos os negócios”, disse.

O especialista também apresentou um dos projetos que desenvolve no Luft. Trata-se do Quest, espécie de repositório com 360 perguntas poderosas baseadas em diferentes segmentos do turismo. “São questões que visam ajudar a quem atua no mercado a entender melhor a indústria hoteleira”, explica. “Volto a questão da importância de se saber fazer as perguntas certas para fazer um melhor planejamento. O Quest pode ajuda neste sentido”, completou.

HSMAI Brasil: tendência de 2019

Em cima das 360 perguntas, Bujarski elencou 10 questões que devem ser tendências para o setor hoteleiro em 2019. São elas:

(1) Com seus novos projetos, o Google deixará de lado sua parceria com as OTAs?

(2) Quem vai desafiar o duopólio de publicidade digital de Google e Facebook?

(3) Poderão as redes hoteleiras se tornarem uma plataforma completa de experiência?

(4) Seria a aproximação do Airbnb com o setor hoteleiro tradicional um sinal de força ou fraqueza?

(5) Quão rápido pode o mercado de aluguéis para férias vai se consolidar?

(6) Wellness é uma tendência ou uma transformação?

(7) Como os hoteleiros podem promover um real cultura de comunidade entre os hóspedes?

(8) Blockchain pode entregar experiências melhores e mais efetivas nos programas de fidelidade?

(9) Como a pesquisa por voz afetará a relevância das marcas de hotéis?

(10) Poderá o Instagram finalmente se tornar um efetivo canal de vendas?

(*) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários