Ibis Palmas: novo gerente geral quer consolidação em até três anos

Ibis Palmas: busca por vendas diretasTiago Almeida: capacitação é o desafio atual

O Ibis Palmas (TO), administrado pela HotelCare, fechou setembro com 58% de ocupação e deve encerrar outubro em 45%. Tiago Almeida, gerente geral do hotel, explica que seus planos no cargo, o qual assumiu há quatro meses, é consolidar o produto no mercado regional em um período de dois a três anos. Em seu primeiro mês de operação, entre junho e julho, o hotel registrou 27% de ocupação.

O gerente diz que pretende fechar 2019 com uma ocupação acima dos números registrados atualmente. As perspectivas, de acordo com ele, são boas. Isso porque o hotel tem uma nota de 8.8 junto ao Booking.com, considerado por ele um bom índice para um produto novo. "É uma nota excelente, porque a equipe ainda está aprendendo", salienta.

Para ele, o momento também é de superar desafios e o maior deles é a capacitação da mão de obra. Almeida diz que tem procurado levar a sua equipe o projeto de treinamento da HotelCare. Nestes processos, são focados vários aspectos da operação. Como gerente geral, Almeida também atua diretamente no acompanhamento dos trabalhos, desde as condições das acomodações, dos serviços oferecidos, entre outros. "Temos feito um trabalho hands on job como acompanhamento do atendimento, as questões administrativas, entre outras ações", comenta ele.

Ibis Palmas: busca por vendas diretas

Uma outra perspectiva do hotel é buscar as vendas diretas em sua região. Hoje, a atuação é com as OTAs (Online Travel Agencies), principais parceiros para vendas. A ideia é que o atendimento prestado consiga fidelizar o cliente para que ele mesmo possa realizar sua reserva. Tiago diz que o ideal na relação com as OTAs é o equilíbrio: comercilização por este canal aliadas às vendas diretas. "Neste momento, focamos em trabalhar com os canais atuais e junto aos clientes que demonstrem interesse em comprar direto", disse ele.

Como o Ibis Palmas é também um estabelecimento local, Almeida diz que não há dificuldades em vendas. Isso porque é o maior empreendimento da região. Além disso, Palmas, por ser uma capital relativamente jovem, ainda tem aspectos de cidade do interior, o que ajuda na aceitação e aproximação junto ao público local. 

A relação com a região, aliás, é outro ponto trabalhado. O estabelecimento tem buscado atuar junto às comunidades locais e escolas próximas, empregando por exemplo os pais de alunos em escolas apoiadas pelo hotel. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Ibis Palmas

Comentários