InFOHB: puxado pela diária média, RevPar sobe em setembro

InFOHB - Alexandre GehlenGehlen: hotelaria de rede mantém sua gradual recuperação

A hotelaria de rede no país apresentou bons números em setembro, com alta nos três principais indicadores do setor. Impulsionada pela alta de 7,9% na diária média, o RevPar subiu 11% frente igual mês de 2018, enquanto a ocupação avançou 2,8% na mesma base de comparação. Os dados integram a 146ª edição do InFOHB, divulgado hoje (4) pelo FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil).

Na avaliação de Alexandre Gehlen, presidente do Conselho de Administração da entidade, a expansão da diária média deve ser ainda maior em outubro. “É o que nossas medições estão apontando. Mais ainda, mostra que o trabalho que o mercado hoteleiro vem fazendo está surtindo efeito”, avalia Gehlen, que também preside a Intercity Hotéis.

O executivo pondera, contudo, que ainda há muito a fazer para que a hotelaria retome a rentabilidade do período pré-crise. “Continuamos com nossa lenta e gradual recuperação, até porque as bases de comparação são baixas. Mais ainda, até em função da inflação acumulada desde 2014, devemos perseguir altas de dois dígitos para atingirmos de forma mais rápida os níveis pré-crise”, completa.

InFOHB - dados de setembro

InFohb: mais números

Na avaliação regional, a ocupação caiu somente no Sul (-0,3%), enquanto o principal mercado do país (Sudeste) teve leve alta de 1,3%. Na diária média, o estudo identificou aumento em todas as praças pesquisadas, com destaque para o Sudeste (+9,8%). Já no RevPar, o maior crescimento ficou com o Norte (+22,5%). A base de comparação é sempre anual.

Na análise por categoria, os resultados seguiram a performance do setor como um todo, com a diária média puxando a expansão da receita. Enquanto a ocupação subiu 4,9%, 0,7% e 2,2% entre os hotéis econômicos, midscale e upscale, respectivamente, a diária média avançou 7%, 7,9% e 9,6%, respectivamente, nesses mesmos segmentos. 
 
Com isso, o RevPar aumentou dois dígitos em duas categorias: Econômica (+12,2%) e Upscale (+11,9%). Um pouco mais baixo, mas não menos expressivo, o indicador avançou 8,6% entre os hotéis midscale. Por fim, no acumulado até setembro, os três índices mantêm bom crescimento: ocupação (+4,3%), diária média (+6,4%) e RevPar (11%). O resultado é similar ao verificado até agosto.

Veja mais dados sobre no acumulado até setembro abaixo. Já para acessar o estudo completo, vá até https://bit.ly/2WIFgQv.

(*) Crédito da capa: Keem Ibarra/Unsplash

(**) Crédito da foto: arquivo HN

(***) Infográficos: FOHB

Comentários