Inteligência Artificial: como a hotelaria pode se beneficiar?

Os empreendimentos hoteleiros podem aproveitar a inteligência artificial ao seu favor e sair a frente da concorrência

A Inteligência Artificial (IA) já se espalhou por diferentes segmentos, do varejo à indústria. O setor hoteleiro cada vez se aproxima dessa tendência, e a explicação para isso é até fácil de entender. Com a competição cada vez mais acirrada, só a inovação pode manter uma rede destacada frente à concorrência. 

Em meio à era da transformação digital, a tecnologia se tornou vital para gerar crescimento e mais receitas constantes. No frigir dos ovos, a IA ajuda os hoteleiros a chegar aos clientes, conhecê-los melhor e, principalmente, fidelizá-los.

À medida que o tempo passa, os hóspedes vão ficando mais exigentes – vivemos também a era do empoderamento do consumidor. Associada à automação, a Inteligência Artificial auxilia os profissionais a realizarem uma gama de tarefas. Com isso, as facilidades tecnológicas disponíveis se configuram em possibilidades reais de melhor atender aos mais criteriosos estilos. 

Inteligência Artificial: chatbots

A excelência no atendimento ao cliente deve ser sempre uma prioridade nos hotéis. Ainda assim, pode ser que a incapacidade de responder instantaneamente ao cliente que chega via web se torne um problema. Os chatbots se encaixam justamente aí para oferecer respostas automáticas 24 horas por dia. Mais do que economizar tempo, também eliminam a necessidade de haver uma pessoa dedicada a isso.

Para deixar hoteleiros que amam mobilidade mais satisfeitos, existem aplicativos para interagir com os chatbots. Esses apps ainda podem realizar tarefas extras, como agendar compromissos ou chamar um táxi sem a necessidade da recepção.

Inteligência Artificial: concierge 

Um concierge de Inteligência Artificial é uma novidade no mercado. Em parceria com a IBM, a Hilton Hotels & Resorts criou a “Connie”, projeto piloto de robô-concierge. A máquina ajuda a oferecer uma experiência mais dinâmica aos hóspedes, sugerindo restaurantes, parques e tirando dúvidas. Enquanto a “Connie” cuida disso, o empreendimento pode se preocupar em elevar melhorar a experiência dos visitantes de outras formas. 

Inteligência Artificial: coleta de dados

No mundo de hoje, dados (informação) são tudo, e isso vale para qualquer mercado. Na hotelaria, é vital que o empreendimento conheça seus hóspedes da melhor maneira possível. Para isso, há muitas possibilidades de organização desses dados para transformá-los em vantagens. A IA pode ajudar a processar e analisar essas informações rapidamente, transformando isso em inteligência de mercado sobre seu hóspede.

O potencial da AI é ilimitado. É a tecnologia inteligente que ajudará os hotéis a melhorar suas capacidades e atender melhor aos clientes. Ele te permite conhecer as lacunas existentes nas suas operações diárias, assim como no gerenciamento, atendimento ao cliente e muito mais. Isso pode oferecer uma vantagem competitiva e colocar o seu empreendimento na direção certa em pouco tempo. Quer deixar a concorrência para trás? A Inteligência Artificial é um aliado.

(*) Créditos da Foto: Pixabay/geralt

Comentários