InterContinental SP: confira como está o hotel após a reforma

InterSp 2014 2O maior retrofit aconteceu no lobby do hotel (fotos: Peter Kutuchian)

Cinco anos é muito tempo? Depende da conotação. Para um bebê que acabou de nascer é um longo período; para um adolescente, cinco anos poderão custar a passar; alguém de meia-idade pode sentir o peso nesses anos; e, para um cidadão sênior, ele poderá fazer a "passagem" para uma nova dimensão durante esse espaço de tempo. Trazendo o tema para a hotelaria, cinco anos é geralmente o prazo máximo para um empreendimento realizar uma reforma ou um retrofit. Na verdade, quando o departamento de Marketing do InterContinental São Paulo fez o convite para este In Loco Especial, meu primeiro pensamento foi: "de novo?". "Mas, já fazem quase cinco anos que você fez a matéria", respondeu Sheila Cruz, diretora de Marketing do hotel. Já faz tudo isso? O tempo realmente passa rápido. Mas, enfim, por que repetir a matéria? A resposta é simples: porque o InterContinental SP é um novo hotel, fato posto após uma reforma milionária iniciada em 2010 e finalizada em junho passado, com a renovação das áreas de eventos. O que mudou? Praticamente tudo. Para começar, o lobby foi totalmente refeito. O balcão da recepção foi lá para a frente, logo na entrada; e no lugar antigo agora são preparados e servidos drinques e outras variantes com ou sem álcool. Sim, agora o Inter SP conta com um novo bar, o Godet, passagem obrigatória dos hóspedes a caminho dos elevadores ou da rua. O que mais? Todo o mobiliário do hotel é novo, assim como enxovais, papéis de parede, cortinas e itens decorativos. Ainda falta terminar a reforma dos apartamentos de categoria Superior e Superior Plus. Uma das áreas que ficaram de fora da reforma são os banheiros de alguns apartamentos, que se mantêm em bom estado de conservação. Antes de continuar lendo esta matéria, vale a pena clicar aqui e conferir o primeiro In Loco Especial, escrito em 2008, e ver como era o InterContinental SP. As tendências podem mudar em períodos não necessariamente tão longos. Um dos pontos fortes do hotel paulistano é a sua localização. Situado na alameda Santos, entre as vias Pamplona e Campinas, a uma quadra da avenida Paulista, a três do Masp (Museu de Arte de São Paulo), a uma quadra do edifício Gazeta e próximo de restaurantes e bares, além da Oscar Freire, o reduto das compras das marcas mais famosas do mundo. O InterContinental não é um hotel de grande porte, conta com 20 pavimentos, onde estão distribuídas suas 195 habitações. No térreo, Recepção, Godet Bar e restaurante Tarsila; no 2º, quatro salas de eventos, incluindo a Di Cavalcanti, a maior da casa, com capacidade para 450 pessoas, no formato auditório. Já no piso inferior, concentram-se os escritórios corporativos e mais cinco salas para reuniões e eventos. Descendo mais um pavimento, chegamos no fitness center, administrado pelo atleta Marcelo Negrão. No projeto arquitetônico incluem-se ainda business center, piscina externa e o Club Lounge, situado no 20º pavimento e de acesso exclusivos para hóspedes que reservam acomodações desta categoria. Lá são servidos café da manhã, chá da tarde e petiscos e bebidas durante o happy hour, tudo incluído na tarifa. No Club Lounge, o cliente tem acesso à internet, sala de leitura e uma sala de reuniões, com capacidade para dez pessoas. Os apartamentos são confortáveis e amplos, mesmo as de categoria de entrada, como a Superior, que contam com área de 27 m². Outro ponto para o InterContinental São Paulo é o atendimento, que muitas vezes é feito por profissionais que estão na casa há vários anos, destacando-se a equipe do restaurante Tarsila. Por último e não menos importante, destaca-se a gastronomia do hotel, comandada pelo chef Marcelo Pinheiro, um dos únicos do Brasil a participar do Bocuse D'Or, uma das competições gastronômicas mais importantes do mundo, realizada na França. Ah, outro serviço que não pode ser esquecido de ser mencionado: o InterContinental SP oferece acesso à internet gratuito. A decisão em prover a amenidade se deu após a realização de uma pesquisa feita pelo IHG (InterContinental Hotels Group) que relatou que o item que o hóspede mais deseja em um meio de hospedagem é a internet grátis. Para ver as fotos, aguarde as galerias serem carregadas, depois é só clicar na primeira foto da esquerda para abrir o slide show. Boa leitura! Por Peter Kutuchian* Hospedagem O InterContinental SP conta com 195 habitações divididas em cinco categorias: são 13 Superior; 30 Superior Plus; 64 Luxo; 50 Luxo Plus; 21 Suítes Junior e 17 Suítes Executivas. O que difere uma categoria da outra? Basicamente, tamanho, posicionamento da habitação no edifício e decoração. Os apartamentos Superior e Superior Plus têm 27 m²  de área; já os Luxo e Luxo Plus contam com 31 m², as Suítes Jr tem 45 m² e as Executivas, 54 m². As diferenças entre as categorias Luxo e Luxo Plus são a ducha separada da banheira que na Luxo Plus é também uma banheira de hidromassagem. Nas demais amenidades, tudo é idêntico: lençóis Trussardi, minibar, jarra elétrica com gratuidade de chás e cafés, acesso grátis e sem fio à internet, telefone com serviço de recado, área de trabalho, tomadas com adaptador na mesa, cofre, ferro e tábua de passar, ar condicionado central, roupão e secador de cabelos. Já nas Suítes a diferença é o tamanho delas, sendo que as duas possuem uma sala de estar com TV. Nas Executivas, destaque para o painel de vidro que separa o banheiro do quarto, criando um visual amplo e atual. Gastronomia Restaurante Tarsila e Godet Bar. Estes são os dois pontos de vendas gastronômicos do Inter SP. Ambos estão localizados no térreo do hotel. O Godet é passagem obrigatória de todos os hóspedes e o Tarsila fica na parte posterior do edifício com acesso pelo lobby. Indiretamente existem também as opções de room service 24 horas e do Club Lounge, com acesso restrito. Quem comanda a gastronomia do hotel paulistano é o chef Marcelo Pinheiro, que está no InterContinental há mais de dez anos. Entusiasta da profissão, Pinheiro renova constantemente suas atrações, criando festivais sazonais - primavera, verão, outono e inverno, menus degustação e a mais recente opção, Sabores do Brasil, oferecida nos almoços de sábados. Aos domingos, acontece o tradicional brunch, com recreação para crianças. Uma novidade tecnológica no Tarsila foi a recente implantação do cardápio em forma de aplicativo para tablets. O cliente recebe um iPad no qual pode visualizar as opções gastronômicas, inclusive com fotos e videos. Eventos O InterContinental paulistano conta com nove espaços para reuniões e eventos, distribuídos em dois pavimentos, no 2º andar ficam quatro salas, a maior de todas, Di Cavalcanti, para 450 pessoas no formato auditório ou coquetel, e três salas menores Andrade, Brecheret e Malfati, com capacidade de 20, 40 e 30 pessoas em auditório, respectivamente. No 1º subsolo encontram-se as salas Giorgi, a segunda maior do hotel, para 200 pessoas, Amaral, Bonadei, Nery e Zanini, com capacidade para dez, 60, 40 e 21 pessoas. Destaque para a Di Cavalcanti, que conta com pé-direito entre 3,40 e 3,90 metros - a variação é em decorrência da sanca que beira todo o entorno da sala. Os espaços de foyer do 2º andar são um pouco reduzidos, dependendo do número de pessoas participantes na Di Cavalcanti, porém o hotel oferece um foyer para um número maior de pessoas no subsolo. Novos carpetes e estofados, novas portas e cortinas, além da sinalização digital interativa fazem parte do espaço, que finalizou a renovação em junho passado. As opções de coffee-breaks também são um destaque, tanto na montagem como na forma de apresentação, confira uma das opções nas fotos abaixo. Club Lounge O Club Lounge foi concebido no local onde antes estavam localizadas as áreas comuns da suíte Presidencial, que não existe mais. A direção do InterContinental SP preferiu remover a habitação para poder oferecer aos hóspedes um espaço exclusivo, com mais privacidade e que ofereça algumas opções gastronômicas como chá da tarde e happy hour, além do café da manhã. O espaço é bastante agradável é há também uma sala para reuniões que pode ser utilizada sem custo, dependendo da disponibilidade. Serviços de impressão e computadores também são oferecidos. Arredores Estar na capital paulista é poder ter uma experiências únicas em cultura, gastronomia, entretenimento e consumo. Segundo o São Paulo Convention & Visitors Bureau, a cidade conta com 110 museus, 160 teatros, 88 bibliotecas, 260 salas de cinema, 184 casas noturnas, mais de 100 parques e áreas verdes, 39 centros culturais, 79 centros comerciais e 12 clubes de golfe. Os locais que os turistas mais visitam são: museus (83%); parques e áreas naturais (81%); bares ou casas noturnas (67%); teatros (56%) e casas de shows (37%). Em se tratando de gastronomia, São Paulo é a segunda cidade do mundo em maior número de restaurantes, são mais de 12 mil que oferecem 52 tipos de cozinha, só os japoneses são mais de 250. Bares? 15 mil. Padarias? 3,2 mil. Tem ideia de quantos pãezinhos são assados por dia? 10,5 milhões - 7,2 mil por minuto. E as pizzarias? São 5 mil, que juntas tiram do forno 1 milhão de redondas todas as noites. E em se tratando de entrega à domícilio, a cidade oferece duas mil opções. O InterContinental SP está em meio a tudo isso, a uma quadra paulista, no bairro dos Jardins, o qual registra o maior índice de ocupação nos finais de semana. Com localização privilegiada, o hóspede tem acesso rápido para a região central e aos bairros que oferecem os atrativos turísticos. E para facilitar a locomoção, a estação Trianon do Metrô está localizado a duas quadras do hotel. Serviço icsaopaulo.com.br * A reportagem do Hôtelier News hospedou-se no InterContinental São Paulo a convite do hotel.  

Comentários