Interval: marketing online pode impulsionar a captação de clientes para salas de vendas

intervalO modelo de vendas tradicional ainda é o que gera mais resultado

Como primeiro painel na parte da tarde, George Daou, gerente de Novos Negócios da Interval International, mediou o debate sobre novos modelos de vendas e marketing digital. Líderes na área compartilharam como evitar ruídos e aproveitar ao máximo mídias sociais e outras ferramentas de comunicação. A Conferência Internacional de Investimento em Propriedade Compartilhada, aberta pela manhã, acontece no Pullman São Paulo Vila Olímpia, na capital paulista. 

Para desenvolver o assunto, a Interval convidou Renato Campos, diretor de Vendas do Live Better Brasil. Assim como Graziane Camargo, diretora do Enjoy Share, e Vinicius de Sá Barboza, diretor do site PropriedadesCompartilhadas.com

Na discussão sobre venda física vs vendas onlines, os especialistas afirmaram que um modelo híbrido é o ideal. Porém, a existências de salas de vendas não estão ameaçadas pelos meios digitais.“Em questão de captação de clientes, acredito que o modelo tradicional, com captadores, promoções, telemarketing, ainda é o mais eficaz. O online ainda não traz tanto retorno no sentido de encher uma sala de vendas. Isso porque na internet, a menos que o cliente esteja procurando aquela viagem, aquele destino, não vamos aparecer para ele. Com um captador, é possível atingir todo mundo em um determinado local independente do que as pessoas estão procurando”, disse Graziane. 

Para Barboza, na captação pela internet, conquistar a atenção das pessoas é o maior desafio. “Temos que fazer nosso público parar tudo o que ele pode estar fazendo online e prestar atenção naquela promoção, no nosso produto e conseguir trazê-lo para a sala de venda ou fechar a venda online. Esse é a maior dificuldade”, disse. 

A captação online também tem benefícios. “Podemos realizar testes diários, com novas frases, botões em lugares diferentes até alcançarmos um modelo que traga mais resultado. Outra vantagem é que eu tenho o controle total do que foi passado de informação para o cliente, o que faz com que ele saiba exatamente o que adquiriu e por isso temos taxas de cancelamentos muito baixas”, disse Barboza. 

Ainda na opinião do diretor, realizar estratégias de vendas online e offline simultâneamente é o melhor modelo. “Os modelos tradicionais são muito consolidados e trazem resultados, então não há porque os dois modelos não coexistirem”, acrescentou. 

Interval: desafios na sala de vendas

Uma das maiores dificuldades nas salas de vendas de produtos de multipropriedade é a rotatividade de funcionários. “Normalmente são pessoas sem experiência, jovens e que começam a ganhar muito dinheiro, muito rápido. É necessário um bom programa de capacitação e treinamento, para reter os colaboradores”, afirmou Campos. 

“É um grande desafio formar pessoas na indústria de vendas imobiliárias, principalmente porque é uma indústria antiga. Minha dica é: tenha alguém com mais experiência para guiar, mas prefira formar sua equipe do zero, contrate pessoas que estão no começo da carreira. Minhas melhores equipes foram de pessoas que aprenderam o que sabem ali, na nossa operação”, acrescentou Graziane. 

(*) Crédito das fotos: Juliana Stern/Hotelier News

Comentários