Itamambuca Eco Resort participa do projeto Lixo Zero

Itamambuca Eco Resort
(foto: itamambuca.com.br)
 
Quem passou o Carnaval na praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte paulista, se deparou com uma novidade inusitada. Trata-se do "lixômetro", um índice que mede o volume do lixo recolhido nas praias, ruas e áreas verdes pela Associação Amigos de Itamambuca (SAI). O projeto conta com o apoio do Itamambuca Eco Resort.

A iniciativa integra o projeto "Lixo Zero", realizado pela ONG Amigos na Preservação, Proteção e Respeito à Ubatuba (Appru) e o Plano de Gestão Ambiental da Bacia do Rio Itamambuca (PGA), além de parceiros como o resort e a Cetesb. Os resultados ficarão expostos no "lixômetro", um painel que quantifica o total de resíduos coletados a cada mês.

Atualmente, o índice já apresenta 4.300 litros de lixo recolhido desde o início do ano, 3.600 litros só no mês de março. Além do índice, ações como a instalação de lixeiras, distribuição de folders explicativos, limpeza da praia e do rio e gincanas com moradores e turistas integram a campanha para a coleta, realizada pela equipe da Sociedade Amigos de Itamambuca (SAI).

De acordo com o Rogério Genova, gerente geral do hotel, "a ideia é que o projeto envolva a comunidade local e se estenda para outras praias durante todo o ano, com o objetivo de reaproveitar materiais e reduzir a emissão de lixo para aterros". Materiais como plástico, papel, embalagens tetrapak, alumínio e vidro devem ser encaminhados às fábricas que os utilizam como matéria-prima. O lixo orgânico poderá ser usado como compostagem.


As informações foram enviadas pela B4T Assessoria e Comunicação na tarde desta quinta-feira (17)

Comentários