Jacques Pilon Residence, primeiro retroart de São Paulo, abre em 1º de junho

jacques pilon residenceQuartos serão equipados com cozinha, cama box e sofá

O Jacques Pilon Residence chega a São Paulo como um quê de novos ares para a hospedagem paulista. Desenhado e equipado para estadias de longa permanência, o primeiro retroart da cidade funcionará como um residencial com serviço. Com inauguração marcada para o próximo sábado (1), o Residence inicia as operações com tarifas médias entre R$ 250 e R$ 270.

Operado pela Q Apartments, o residencial funcionará em um dos prédios históricos do centro de São Paulo. Trata-se do antigo edifício Irradiação, construído em 1940 e desenhado pelo arquiteto francês, radicado na capital paulista, Jacques Pilon, que nomeia o novo empreendimento. Investimento da TPA Empreendimentos, está totalmente disponível no pool hoteleiro, com 75% de suas unidades vendidas. 

Para Renata Dias, Head of Corporate Sales & Relationship Brasil da Q Apartments, o caráter histórico da construção é exatamente o maior atrativo do Jacques Pilon. “Será a único residencial com serviço no centro de São Paulo que oferece ao hóspede a vivência cultural de ficar em um prédio histórico da cidade e ainda ser localizado próximo aos principais pontos culturais e de compras do centro”, disse. 

Localizado na Avenida Senador Queirós, o empreendimento está na região do quadrilátero das compras, próximo às ruas Bom Retiro, Santa Efigênia, 25 de março e Brás. Além disso, o Mercado Municipal, a Pinacoteca, a Sala São Paulo e Sesc 24 de Maio, ficam a menos de um quilômetro do meio de hospedagem. 

“Estamos apostando em um mix de público corporativo e de lazer para o Jacques Pilon. São Paulo é uma cidade de negócios e não podemos fugir disso. Então com certeza iremos receber bastantes hóspedes viajando a trabalho ou para eventos e congressos. Mas, pela localização e característica do residencial, também haverá grande fluxo de turistas em viagem de compras ou cultural”, afirmou Renata.

Segundo a executiva, o residencial terá cerca de 30% de ocupação em seu primeiro mês de operações. Uma vez consolidado, a projeção é que a ocupação média do empreendimento atinja 85%. “Como são apartamentos voltados para a longa estadia teremos a possibilidade de fazer um colchão de ocupação”, acrescentou a diretora.. 

Jacques Pilon Residence: infraestrutura

São 160 apartamentos divididos em duas categorias: Studio Standard e Studio Executive. Os Standards têm entre 20 e 30 m², enquanto os Executive, que incluem uma sala de estar, têm entre 31 e 41 m². 

Todos os apartamentos estão equipados com cozinha completa, cama box, sofá, mesa de escritório e frigobar. Segundo Renata, a disposição das acomodações foi pensada para dar uma liberdade gastronômica ao hóspede. “Como serão estadias mais longas, quisemos que o hóspede tivesse a opção de cozinhar sua própria comida e fazer seus próprios horários”, contou. 

Entre os serviços oferecidos estão WiFi dedicado em todos os apartamentos, uma arrumação diária e café da manhã. A refeição é servida no quarto e pode ser contratada a parte, na hora da reserva. Além disso, a residência também possui lavanderia comunitária, academia e um espaço de convivência na cobertura, assim como um bar.

Reservas podem ser realizadas através de OTAs como Booking.com, Decolar, Airbnb e Expedia. Ou de maneira direta pela central de reservas.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/ Q Apartaments

Comentários