JLL: 5 soluções tecnológicas para melhorar a estada em hotéis

JLL: cinco soluções tecnológicas para melhorar a estada em hotéisO tablet é uma dos dispositivos que podem ajudar na experiêcia

Os hotéis estão se voltando mais e mais para as soluções tecnológicas para melhorar a experiência dos hóspedes. Estudos da JLL mostra que dispositivos como robôs e assistentes de voz podem auxiliar. Na China, o FlyZoo Hotel, com 290 quartos, na cidade de Hangzhou, utiliza o reconhecimento facial em elevadores e salas.

Huw Montgomery, gerente de projetos de hospitalidade da JLL, diz que os estabelecimentos pensam em como fornecer conectividade e conveniência, aliado ao design e estilo de interiores. "A capacidade de um hóspede em definir a temperatura do quarto sem abrir a porta é um exemplo", comentou.

JLL: experiências ajudam a atrair demanda

O estudo mostra que, à medida em que os hotéis apostam nas soluções tecnológicas, esperam um aumento da demanda. Essas experiências podem oferecer gratificação instantânea aos clientes. E podem ser uma tendência, conforme divulgado anteriormente por uma pesquisa da Expedia.

Confira cinco pontos pelos quais a estadia pode se tornar mais especial:

(1) Check-in

Esabelecimentos como a Citizen M, estão oferecendo quiosques de autoatendimento no check-in, semelhantes aos encontrados nos aeroportos. Essa mudança permitiu que os funcionários da entrada fossem priorizados e as mesas das recepções, substituídas por espaços comuns. Outros, como a Ruby Collection, adotou quiosques que dá ao visitante verificar a disponibilidade dos quartos e reservar no local. Já a Hilton e a Marriott deram um passo adiante, oferecendo check-in móvel em seus hotéis em todo o mundo. 

(2) Entrando no quarto

A operadora de hotéis Starwood está com um projeto: o usuário pode substituir os cartões-chave com seu próprio smartphone. Após fazer o check-in, um sinal é emitido e quando o hóspede se aproxima do quarto com seu telefone, o quarto é destrancado.

(3) Ajustando configurações

Nesse itme, o tablet surge como um item obrigatório. Esse dispositivo pode ajustar luzes, ar condicionado, cortinas, TVs e muito mais. Os hóspedes podem solicitar o serviço de quarto sem precisar pegar o telefone, destrancar a porta se alguém bater ou mudar o quarto para status "não perturbe", simplesmente com toques e nas telas.

(4) Informações e pedidos

Algumas redes adotam a solução de ajudante de voz para oferecer serviços aos hóspedes. Na Marriott, por exemplo, existem dispositivos onde os hóspodes podem requerer o serviço de quarto recorrendo à essa ajuda tecnológica.

(5) Hospitalidade

Os robôs vêm encontrando seu espaço na hotelaria tecnológica. Em Las Vegas, nos Estados Unidos, hotéis como o Vdara Hotel & Spa, os robôs servem petiscos de boas-vindas e entregam lanches nos quartos. No Aloft Cupertino, na Califórnia, um mordomo robô entregará toalhas aos hóspedes que descansam na piscina.

(*) Crédito da foto: Karolina Grabowska/Pixabay 

Comentários