João Pessoa é primeira cidade nordestina a ter selo Prodetur + Turismo

João PessoaCartaxo e Lummertz, na entrega do selo

João Pessoa agora tem chancela para receber créditos para impulsionar o turismo local. Em reunião realizada esta semana, Vinicius Lummertz, ministro do Turismo, entregou o primeiro selo Prodetur + Turismo do Nordeste a Luciano Cartaxo, prefeito da capital paraibana.

Com o documento em mãos, Cartaxo habilita a cidade que comanda a receber linhas de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para colocar planos estruturais em prática. A capital já tem um projeto de R$ 100 milhões nos moldes de infraestrutura turística.

“João Pessoa tem um enorme potencial turístico, tanto nos quesito sol e praia, como também no turismo histórico”, pontua o prefeito, lembrando que a cidade é a terceira mais antiga do país. “Com esses investimentos poderemos potencializar essa oferta fazendo com que a atividade turística se desenvolva cada vez mais”, completa Luciano.

O projeto já orçado prevê a reforma das avenidas do Centro da cidade e melhorar a iluminação pública destes e outros locais.

João Pessoa: Prodetur

O fundo do BNDES tem R$ 5 bilhões em crédito disponível dentro do Programa Nacional de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo (Prodetur+Turismo). O montante é válido para estados, municípios e empresários que querem investir no turismo.

Aos que possuem dúvidas sobre o benefício, o MTur deixa à disposição um call center que dará informações sobre o programa. “Esses recursos são fundamentais para dar aos nossos destinos turísticos condições de se estruturem para impulsionar o turismo", pontua Lummertz.

Para preparar empresários e governos que querem investir no setor, o ministério realiza também o Prodetur Itinerante, no qual dá consultoria especializada e prepara essas pessoas para lidar com esse tipo de recurso.

(*) Crédito da Foto: Roberto Castro/Ministério do Turismo

Comentários