Latam Airlines cancela mais de 440 voos após sindicato negar acordo

Latam Airlines - greveParalisação já afetou mais de 200 mil passageiros

A Latam Airlines cancelou 441 voos após um sindicato de comissários de bordo rejeitar a oferta da companhia. Segundo informações da agência de notícias Reuters, a expectativa é que cerca de 1.575 partidas operadas pela subsidiária chilena Lan Express sejam canceladas até 25 de abril, até que se chegue a um acordo entre as partes. Hoje, a greve já afeta mais de 200 mil passageiros.

A paralisação, que já dura uma semana, afetou primeiramente os voos do Chile. No entanto, a paralisação impediu conexões regionais na América Latina, afetando diversas frequências da companhia.

Latam: acordo

De acordo com a Reuters, a empresa aérea já estava em negociações avançadas para fechar um acordo com o sindicato, que representa 1 mil funcionários da subsidiária. Entretanto, a entidade negou e votou contra o acordo. 

Voos de longa distância fora da região não foram afetados, segundo a Reuters. Vale lembrar que, no mês passado, a empresa anunciou uma nova rota para Tel Aviv, em Israel.  

(*) Crédito da foto: StockSnap/Pixabay

Comentários