Lufthansa amplia oferta de voos entre São Paulo e Alemanha

LufthansaMais de 40% dos alemães que vem ao Brasil entram por São Paulo

A conexão Brasil-Europa ganhará mais opções em dezembro. Ontem (3), a Lufthansa anunciou o lançamento da operação entre São Paulo e Munique, no Aeroporto Internacional de Guarulhos. A capital paulista será o primeiro destino da aérea com o Airbus A350-900, que consome 25% menos querosene e emite 25% menos gases, além de ser mais silencioso na decolagem, segundo a companhia.

Serão três voos semanais entre São Paulo e Munique a partir deste mês. A nova rota chega para complementar os 23 voos semanais operados pela Lufthansa partindo de Guarulhos e do Rio de Janeiro para Frankfurt e Zurique - totalizando 26 operações por semana. 

 Segundo a OMT (Organização Mundial do Turismo), 92,4 milhões de alemães fizeram viagens internacionais no ano passado. Destes, 209 mil vieram ao Brasil, sendo que 85 mil chegaram ao país por São Paulo. “Portanto, mais de 40% dos alemães que vem ao Brasil entram por São Paulo. Nos sentimos felizes e honrados com a chegada deste voo, que vem para coroar o bom relacionamento entre os dois países, construído ao longo de décadas”, disse o secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz.

Para Markus Binkert, vice-presidente de Marketing da Lufthansa, o lançamento do voo é um evento memorável não apenas para o Brasil, mas mundialmente. “A nova rota representa um reforço às nossas operações, ligando São Paulo, principal polo econômico e industrial do Brasil, ao hub de Munique, o único aeroporto cinco estrelas da Europa e porta de entrada para centenas de destinos importantes, tanto para aqueles que viajam a negócios quanto para os que vão a lazer”, afirmou o executivo.

Lufthansa: outras conexões

Este ano, outras duas companhias anunciaram novas rotas ligando destinos europeus e brasileiros. Em março, a Norwegian passou a operar quatro voos low-costs partindo do Rio de Janeiro com destino a Londres. Já a Virgin Atlantic também inaugurou suas operações entre São Paulo e a capital britânica este ano.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Lufthansa

Comentários