Mabu Hotéis & Resorts já recebeu tobogãs do Blue Park

Mabu Hotéis & Resorts - Wellington EstruquelEstruquel: venda do passaporte vem superando a meta

No início de julho, uma carga preciosa saiu do Porto de Navegantes (SC) rumo a Foz do Iguaçu (PR). Na bagagem, os tobogãs que integrarão o Blue Park, parque aquático que a Mabu Hotéis & Resorts inaugura em dezembro. O investimento na primeira fase do projeto é de R$ 60 milhões, com o empreendimento podendo receber até 6 mil pessoas. A segunda está prevista para começar em 2020, ampliando a capacidade do local para até 11 mil visitantes.

Lançado em 2015, o Blue Park terá 62 mil metros quadrados (m²) de área construída, sendo o maior parque aquático da região Sul. O empreendimento abre com uma praia artificial de 11 mil m² já disponível, com ondas de até 1,20 metros de altura, em nove formatos diferentes. Há ainda, claro, os quatro tobogãs que chegaram recentemente no Brasil (veja um vídeo no final da matéria).

“Entregaremos o Blue Park com um ano de antecedência. A chegada dos tobogãs é um marco importante para a obra”, explica Wellington Estruquel, CEO da rede paranaense. “Tivemos isenção de impostos de importação do equipamento, que é fabricado pela empresa canadense WhiteWater”, completa.

Mabu Hotéis & Resorts: passaporte

Em paralelo, a Mabu Hotéis & Resorts está vendendo o passaporte Blue Park, com diferentes valores, número de beneficiários e vantagens. Lançado no Festival das Cataratas, em junho, a venda do produto superou a meta de comercialização da rede em 135% no primeiro mês. “No segundo mês foi ainda melhor, ficando acima 235% acima do inicialmente projetado por nós”, revela.
 
De acordo com Estruquel, em função da pouca oferta de clubes em Foz do Iguaçu, a rede acreditava bastante no potencial comercial do passaporte. “Ainda assim, as vendas superaram nossas expectativas”, conta. “O principal público comprador é local, mas na sequência vêm clientes paraguaios e argentinos, nesta ordem”, complementa.  

No total, a empresa oferece quarto tipos de passaportes: Individual, Silver, Gold e Platinum. “Eles têm uma validade que varia de dois a seis anos e, dependendo do plano, pode haver até sete beneficiários”, destaca o executivo. “O mais caro custa R$ 8970 e pode ser parcelado no cartão de crédito”, acrescenta.

(*) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários