‘Maior evento do turismo na América Latina’, Abav Expo abre as atividades

Abav Expo 2018Cerimônia inaugural ocorreu no auditório Elis Regina

Discursos exaltando o potencial e a força do turismo brasileiro abriram as atividades da edição 2018 da Abav Expo. Este ano realizado no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, o evento espera cerca de 23 mil visitantes em três dias e abre as atividades seguro de seu tamanho. "É o maior evento de turismo da América Latina", dicursa Geraldo Rocha, presidente da Abav Nacional, em rápida fala de abertura.

"Somos uma grande vitrine para lançamento de produtos e serviços, além de uma oportunidade para capacitação e geração de negócios", pontua o dirigente. "Conectar muitos players e empresas num único espaço é nossa proposta", acrescenta.

Rocha, que está à frente da associação há cerca de três meses, ainda ressaltou o tema do ano: o conceito de conexão e as ligações ocasionadas pela tecnologia.

Este ano a feira reúne 1,1 mil marcas expondo numa área de 37,8 mil m². A presença internacional é outro ponto que chama a atenção. São 32 expositores de fora do país. Encontro segue ocorrendo até a próxima sexta-feira (28).

Discursos políticos  

Na continuidade da cerimônia de abertura, representantes da política nacional também tiveram a palavra. 

abav expo 2018Teté, do Embratur, foi uma dos nomes no discurso inaugural

Primeira a discursar, Teté Bezerra, presidente da Embratur, ressaltou que a iniciativa privada precisa transformar o potencial turístico do país em resultado. De acordo com ela, o desafio cotidiano do segmento é reinventar-se e modernizar suas atividades. 

Sérgio Sá Leitão, ministro da Cultura também teve o microfone e salientou a conexão entre turismo, cultura e economia criativa. "Quando olho para o abismo que existe entre o potencial turístico e a realidade que temos no Brasil, penso que temos muito para fazer e para avançar", pontua. 

Vinicius Lummertz, ministro do Turismo, encerrou a bateria de discursos defendendo o aumento nos investimentos no setor. "Temos um país rico, cheio de belezas, só precisamos agora merecê-lo. E investir no turismo faz parte desse processo", diz. O ministro ainda deixou claro sua posição de apoio à chegada de investimentos externos no turismo nacional. 

(*) Crédito da foto: Filip Calixto/Hotelier News

Comentários