Mais de 70% dos cariocas compram viagens por plataformas online, diz estudo

hábitos de consumoMaioria dos consumidores compram viagens pelo celular

A maneira que os brasileiros consomem viagens, assim como outros produtos, migrou quase completamente para o meio online. Um estudo do Portal Consultoria em Turismo Bayard Boiteux, mostrou que, ao analisar os hábitos de consumo dos cariocas, 70% compram produtos turísticos online. 

A pesquisa, realizada em parceria com a Escola Técnica de Turismo Cieth , a Fundação Cesgranrio e a Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, entrevistou 2 mil moradores da cidade do Rio de Janeiro. Feita com o apoio da Sergio Castro Imóveis, entre 14 a 29 de junho, o levantamento contou com 12 pesquisadores. A margem de erro é de 2,2%.

Dos entrevistados, 72% afirma que já comprou algum produto turístico pela internet. Destes, a maioria (35%) acessaram agências virtuais (OTAs), seguido por sites de reservas de hotéis (27%) e sites de empresas aéreas (23%). Em menor parte (15%), programas de milhagens também são usados para comprar viagens. 

Entre os produtos comprados, 35% dos entrevistados adquirem bilhetes aéreos em suas compras online. Logo atrás, hotéis e serviços terrestres (30%) e pacotes (30%), também são produtos amplamente consumidos em canais de venda online. Pouco expressivo, mas ainda interessante, 5% dos participantes utilizam meios online apenas para aluguéis de carros. 

Outro fator interessante é que, dos que planejam sua viagem online, 75% o faz por conta própria. Os demais 25% compra pacotes com o auxílio de agências. 

Dos 28% que nunca compra produtos turísticos pela internet, 20% prefere frequentar uma agência física e 18% liga diretamente para o prestador do serviço. 

Hábitos de consumo: Portais mais utilizados

O levantamento também perguntou qual o site mais utilizado pelos cariocas para planejar suas viagens. De acordo com os resultados, o Booking.com é o portal mais acessado, sendo o preferido de 30% dos entrevistados. O Submarino Viagens aparece em segundo, sendo a escolha de 23% dos consumidores, seguido pelo Decolar (18%). 

Em relação ao portal acessado, os sites diretos dos prestadores de serviço turísticos aparecem como preferência de 29% dos participantes. 

Dos aparelhos usados para acessar esses sites, 70% utilizaram celulares e dispositivos mobile. Dos restantes 30%, 20% utilizaram computadores no trabalho e 10% computadores pessoais.

(*) Crédito da foto: athree23/Pixabay

Comentários