Marca de luxo Reserve terá unidade em Porto Rico, no Caribe

Notícia atualizada em 28/09/2012, às 10h25

Uma das suítes privativas do empreendimento (foto: divulgação)

Está marcada para 12 de dezembro a abertura do Dorado Beach, localizado em Porto Rico, parte oriental do mar do Caribe. O hotel, cujo investimento foi de US$ 240 milhões, será administrado pelo grupo Ritz-Carlton com a bandeira Reserve. O anúncio foi feito hoje (27), por Isabel Gracia, diretora de Vendas e Marketing da unidade, durante coletiva de imprensa em São Paulo. “No momento, as equipes estão em fase de intensivo treinamento, e o hotel passa pelos últimos retoques”, diz a executiva, destacando que haverá dois funcionários por hóspede. Sem saber informar o investimento no projeto, Isabel diz que o empreendimento reúne 115 apartamentos e suítes – todos à beira-mar -; um conjunto com quatro outras acomodações chamadas Su Casa, que deverão hospedar celebridades e clientes que preferem espaços privativos; e o Spa Botanico, que terá 12 pavilhões - distribuídos em cinco hectares - com paredes envidraçadas e chalés sobre as copas das árvores para a aplicação de tratamentos terapêuticos e estéticos à base de produtos naturais. Ela destaca que o local terá o primeiro restaurante fora dos Estados Unidos do renomado chef José Andrés e o projeto de sustentabilidade Embaixadores do Meio Ambiente, do diplomata ambiental Jean-Michel Coustau, no qual adultos e crianças poderão participar durante a estadia. “Este é o primeiro Reserve das Américas. Eu o defino como um Santuário Exótico”, aponta a diretora. Questionada sobre números, ela revela que a ocupação média esperada para o próximo ano é de 65%. O público que vai visitar o empreendimento, a princípio, deve ser basicamente estadunidense. “Eles visitam muito Porto Rico. O fato de o hotel ter sido construído dentro da antiga propriedade de Laurence Rockfeller, é um ícone para eles”, finaliza. Serviço www.ritzcarlton.com

Comentários