Marca Tryp by Wyndham abre hotel no aeroporto de Guarulhos; Nobile administra e aporte chega a R$ 50 mi


Fabio Navajas (GBX Capital); Marcus Santarém (GRU Airport); Sebastião Almeida (prefeito de Guarulhos); Luis Mirabelli (Wydham) e Roberto Bertino (Nobile Hotéis) durante a cerimônia de abertura ocorreu hoje (20)
(foto: Filip Calixto)

Seja por pouca horas ou para um dia completo, os viajantes que utilizam o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, têm agora uma alternativa de hospedagem dentro do Terminal 3. O local é operado pela nacional Nobile Hotéis mas conta com a marca Tryp by Wyndham, que tem mais de 7.700 unidades espalhadas por todo o mundo. Com 80 apartamentos, o empreendimento foi desenvolvido pela GBX Capital e reúne cerca de R$ 50 milhões em investimentos.

Funcionando desde o início do mês passado, a unidade guarda algumas particularidades. A primeira delas foi o tempo de construção. Do início das obras até a entrada do primeiro hóspede foram seis meses. Mas, certamente, a característica mais interessante são as ofertas de hospedagens curtas, ideais para viajantes em conexão e que precisam aguardar pelo próximo voo. Dentro da oferta disponível aparecem opções de estadias de três, seis, nove, 12 horas e a trivial diária completa.

Outra dita novidade é a possibilidade da utilização das áreas comuns do hotel, que, nesse formato, funciona como uma sala de espera com serviços de bar e restaurante. Para esse serviço, a taxa é de US$ 45 e inclui café da manhã, almoço, petiscos e bebidas nacionais, além de rede wi-fi. 

Batizado de Tryp by Wyndham São Paulo Guarulhos Airport, o empreendimento fica na área alfandegada do Terminal mais novo do aeroporto e foi inaugurado oficialmente hoje (20), numa cerimônia que contou com a participação do prefeito guarulhense, Sebastião Almeida, além de representantes do GRU Airport, da companhia investidora, e das empresas hoteleiras envolvidas na abertura.

Pioneirismo
Outra virtude que chama a atenção no empreendimento é a característica pioneira da edificação. Segundo os empresários envolvidos na implantação, não há no Brasil estebelecimentos similares, voltados exclusivamente para viajantes e instalados dentro da estrutura do aeroporto.

"É um hotel de extrema conveniência para viajantes porque não exige que ele se desloque para fora do aeroporto e otimiza o tempo, aliando isso ao conforto", sintetiza, Luis Mirabelli, vice-presidente de Desenvolvimento do Wyndhan Hotel Group para América Latina e Caribe. Na avaliação do executivo, a proposta do Tryp Guarulhos casa de maneira perfeita com um tipo de executivo frequente na região, que tem agenda apertada, carrega pouca bagagem e procura um lugar com estrutura de hotel para passar algumas horas.

Roberto Bertino, presidente do Grupo Nobile, levanta outro tipo de consideração e fala em perenidade de uma ideia que não tem prazo para sucumbir. "Este é um empreendimento que nunca mais vai fechar e os investidores podem ser otimistas que entregaremos bons resultados", promete. 

Mensurando o que espera para os primeiros meses, Bertino faz as seguintes projeções. De acordo com ele, para o primeiro ano de operação, o hotel estima faturamento de R$ 6,4 milhões, com ocupação média de 65%, aí tirando vantagem das muitas possibilidades de tempo para utilização de quartos.

Serviço
www.wyndham.com
www.nobilehoteis.com.br

Comentários