Marriott International adota dispositivos de alerta pessoal para governantas nos EUA e Canadá

MarriottEquipamento deve ser utilizado, principalmente pelo setor de governança

Como parte de suas ações frequentes de cuidado com funcionários, a Marriott International está implementando um sistema de dispositivos de alerta destinados a camareiras, arrumadeiras e governantas. A iniciativa vale para empreendimentos localizados nos Estados Unidos e Canadá. A ideia da empresa com a utilização dos aparelhos é prevenir situações incômodas vividas pelas profissionais e também serve para solicitação de ajuda em possíveis problemas.

Os equipamentos serão distribuídos pelos mais de 5 mil meios de hospedagem da companhia nos dois países. O plano é que até 2020 todas as unidades tenham adotado o procedimento.

O dispositivo permite que as profissionais chamem ajuda de maneira discreta, caso sintam-se incomodadas, precisem de algum suporte rápido ou identifiquei alguma hóspede em perigo. Ele ficará no bolso da funcionária que está limpando o quarto, como se fosse qualquer outro aparelho eletrônico.

Segundo Latifa, uma governanta entrevistada pela Marriott, a novidade deixou o trabalho mais seguro e serve como alívio, para as trabalhadoras e famílias delas. 

Dispositivos em teste na Marriott

Antes de ser definitivamente adotada, a medida foi testada em meios de hospedagem de alta circulação por cerca de um ano. A avaliação da empresa sobre os testes é que o equipamento deve ser de grande utilidade em situações nas quais respostas rápidas são necessárias. 

"Falei com as governantas, que descrevem a sensação de insegurança ao entrar em um quarto de hóspedes e não saber o que está do outro lado da porta", conta Erika Alexander, diretora de serviços de hospedagem das Américas da Marriott International. "Agora elas têm um dispositivo na ponta dos dedos que lembra que elas não estão sozinhos. É por isso que estamos fazendo isso", explica Erika.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Marriott International

Comentários