Mercure Camboriú Internacional investe R$ 2 milhões em retrofit das UH‘s

Mercure Camboriú Internacional- retrofitNo total, serão 200 acomodações reformadas, informa a rede catarinense

Para aumentar a competitividade no mercado, o Mercure Camboriú Internacional iniciou o retrofit de suas acomodações em maio. Operado pela Rede Pires de Hotéis, as obras, com previsão de entrega para 2020, terão o investimento total de R$ 2 milhões. Dos 200 apartamentos, até agora 19 foram finalizados. 

Em junho, a reforma parte para sua segunda fase. A ideia é concluir um andar por mês sem afetar a alta temporada. O hotel – aberto em 2007 – prevê um aumento de 10% em sua diária média, que atualmente gira em torno de R$ 350. “Já temos 12 anos de operações e houveram muitas mudanças no mercado desde então. O retrofit vem para acompanharmos a concorrência”, afirma Patrícia Seifert, gerente geral do Mercure.

Entre as atualizações dos quartos estão inclusos o enxoval, decoração, mobiliário e troca de piso. 

Mercure Camboriú Internacional: inaugurações

Em parceria com a Accor há 12 anos, a Rede Pires de Hotéis vai inaugurar mais três empreendimentos em Balneário Camboriú. Dois serão abertos no mesmo empreendimento, sendo um deles um ibis budget – o segundo ainda depende de confiamação, mas também será da família ibis. A outra propriedade se trata da reforma do Atobá Praia Hotel – que se tornará o Mercure Barra Sul.

(*) Crédito da foto: Wilson Vieira/Mercure Camboriú Internacional

Comentários