Mesmo sem Braztoa, WTM terá boa presença de operadoras

luciane leite - wtmLuciane Leite, diretora da WTM Latin America

Em novo momento, após a saída da Braztoa, a WTM Latin America segue contando coma participação das operadoras de turismo. Mesmo depois do fim da parceria que datava da primeira edição, a Reed Exhibitions Alcantara Machado manteve um espaço exclusivo e receberá, pelo menos, 24 operadoras no evento.

A presença dessas empresas está em sintonia com a ideia de mudanças que a organização tem para o encontro. Luciane Leite, diretora do evento, em coletiva de imprensa realizada hoje (13), antecipou que em 2018 a ideia é fortalecer a faceta corporativa da feira. E, para isso, a participação das operadoras é indispensável.

De acordo com a diretora, as grandes e pequenas operadoras sempre tiveram atenção especial da organização e por isso a parceria segue. "Nosso foco em qualquer edição é o resultado e é isso o que oferecemos", pontua a executiva.

No espaço dedicado às operadoras, há empresas com representatividade no setor. Entretanto, além da área exclusiva, há também estandes próprios de operadoras espalhados pela feira.

Razões para operadoras participarem da WTM

Michael Barkoczy, da Flytour MMT, é um dos parceiros do evento e conta os motivos para permanecer participando. "É uma feira internacional que traz fornecedores do mundo todo", resume. "Estar lá é uma oportunidade ímpar que nos dá ainda a possibilidade de interagir com nossos distribuidores e com destinos nacionais importantes", acrescenta. 

O espaço para receber as operadoras é similar ao do ano passado, com 9 m² de espaço para cada uma delas. Além das nacionais, há 15 operadoras estrangeiras na lista de expositores.

* Foto de capa: divulgação/Mapa Comunicação

Comentários