Mix de opções orienta expansão da Atlantica Hotels

O objetivo é claro: a Atlantica Hotels quer chegar a 250 hotéis até 2024 – atualmente são 130. Com o projeto de franquias, capitaneado pelas marcas Go Inn e E Suites, a companhia ganha fôlego e novas opções para chegar à meta. Isso porque, dentro da estratégia da rede, conversões e novos projetos vinham conduzindo o aumento de portfólio nos últimos anos.   

Para 2019, segundo a Atlantica Hotels, a expectativa é abrir de 20 a 25 unidades a partir dos três modelos. Até agora, a rede já adicionou cinco hotéis ao inventário: Park Inn by Radisson Berrini, Comfort Hotel Cuiabá, Parque Balneário e Carina Flat, ambos de Santos (SP). Houve ainda a inauguração do Quality Suites João Pessoa. Soma-se também a essa conta as sete conversões previstas por meio de franquias, como revelou Ricardo Bluvol ao Hotelier News.  

“Vemos o mercado retomando”, comenta Bluvol. “Nos últimos anos, o setor esteve muito favorável para conversões e soubemos aproveitar isso”, acrescentou. De fato, em 2019, a Atlantica converteu 28 unidades, contando as 21 provindas da parceria firmada com a Vert Hotéis. “Teremos mais novidades em até 90 dias. Estamos com negociações avançadas e anunciaremos de duas a quatro assinaturas”, revela.

Atlantica - Double Tree HiltonProjeto multiuso é o lançamento que a rede vai gerir em Porto Alegre

Em comunicado divulgado recentemente, a Atlantica Hotels deu mais detalhes desse plano de expansão. A companhia possui 43 contratos assinados, que representam 6,5 mil apartamentos, além de ter outros 19 hotéis no pipeline da Vert Hotéis. Com a Hilton, a rede assinou, em janeiro, contrato de licenciamento e gestão para desenvolver e administrar hotéis da bandeira DoubleTree by Hilton no Brasil.  

Atlantica Hotels: lançamentos

Bluvol vê também uma retomada gradual de novos projetos, mas em alguns mercados específicos. “Os lançamentos estão voltando aos poucos, com destaque principalmente para São Paulo e Porto Alegre”, completa. “Na capital paulista, por exemplo, teremos quatro ou cinco projetos sendo apresentados”, acrescenta o executivo.

Um exemplo desses lançamentos em São Paulo é o projeto multiuso da incorporadora Helbor na Avenida Rebouças. Será o primeiro Hilton Garden Inn de São Paulo, com operação da Atlantica, como antecipou o Hotelier News no ano passado. O empreendimento prevê, além do hotel com 170 quartos, 339 unidades residenciais, centro comercial e salas de cinema, que serão operados pela Cinemark.

Outro projeto que está surgindo do zero é o DoubleTree by Hilton Pontal Porto Alegre. Com 141 apartamentos, a unidade está prevista para o segundo semestre de 2022. O hotel vai integrar um complexo de uso misto que inclui ainda shopping center e lajes corporativas. A incorporação é da Melnick Even.

(*) Crédito da capa: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(**) Crédito da foto: Divulgação/Hilton

Comentários