Mônica Paixão completa 30 anos de carreira

Mônica Paixão - 30 anos de carreiraMônica 

Ela é uma figura conhecida no mercado carioca. Na carreira, já administrou hotéis de diferentes categorias e segmentos, ajudando ainda a quebrar barreiras para mulheres no segmento. Por onde passou criou amizades, montou equipes unidas (alguns colaboradores a seguem para onde vai) e, claro, entregou resultados. No ano em que completa 30 anos carreira, Mônica Paixão, diretora geral do Le Canton (RJ), mira novas conquistas. Uma delas é atuar no setor imobiliário.

Formada em Economia pela Ucam (Universidade Cândido Mendes), Mônica tem também graduação em Relações Públicas pela UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro). O ingresso na hotelaria aconteceu em um empreendimento ícone da hotelaria carioca: o Le Méridien Copacabana (atual Hilton Rio de Janeiro Copacabana).

No hotel carioca, entrou para um trabalho temporário na área de Vendas e, três meses depois, já havia sido efetivada e promovida. Após atingir cargos de gerência em apenas um ano, Mônica passou os próximos 13 na Le Méridien, marca que hoje pertence a Marriott International.

Mônica Paixão: novas fases

No ano 2000, saiu do hotel carioca para assumir um grande desafio: fazer a abertura do Golden Tulip Ipanema Plaza. Nessa fase da carreira, a executiva não só teve sua primeira experiência como gerente geral, como quebrou barreiras. Na ocasião, tornou-se a primeira mulher a ocupar a função no mercado carioca.

“Quando entrei no Ipanema Plaza houve burburinho, rendendo muitas reportagens. Era uma novidade no mercado”, afirma Mônica, com bastante orgulho do seu feito. “Hoje, temos muitas mulheres no comando de hotéis. Mais do que orgulhosa em vê-las brilhando, sinto que, de certa forma, contribuí para serem executivas vencedoras como eu”, afirma a gerente.

A gestão de Mônica no hotel do bairro eternizado por Tom Jobim ficou marcada por altas ocupações e diárias médias. Outro acerto foi investir no A&B (Alimentos & Bebidas), com a introdução de restaurantes que fizeram sucesso na cidade. No Ipanema Plaza, fechado no ano passado, a executiva passou quase 12 anos, deixando-o para assumir um novo desafio.   

Dessa vez, Mônica assumiria um produto diferente do que estava habituada. Em vez de hotéis de rede, chegava a oportunidade de gerir um hotel independente de luxo, membro do Relais & Châteaux. No Hotel Santa Teresa, hoje integrante do portfólio da Accor, imprimiu seu estilo, entregando novamente boa performance.

A novidade da vez foi o forte investimento no segmento de eventos, em especial no mercado de casamentos. Casais de noivos faziam fila para agendar suas festas no Hotel Santa Teresa, que passou a rivalizar com o Belmond Copacabana Palace como espaço mais disputado na cidade.

Monica Paixão - Ipanema PlazaNos tempos de Ipanema Plaza, Mônica é clicada na Abav Expo 2011

Há três pouco mais de três anos Mônica foi convocada para novo desafio. Novamente, e perdão pela redundância, uma experiência nova. Em dezembro de 2015, ela assumia a direção geral do Le Canton, resort localizado em Teresópolis (RJ). “Adoro o que faço e me sinto apaixonada pelo meu trabalho. Hoje, vejo que realmente escolhi a carreira certa”, declara a executiva.

Mônica Paixão: novo desafio

Ao chegar no resort, a executiva implementou uma série de medidas. “Comecei por mudar o Comercial para o Rio de Janeiro. Não era rentável ficar em Teresópolis. Também estabelecemos indicadores de desempenho em todos os setores, porque o que não conseguimos medir não gerenciamos corretamente”, afirma a gerente.

Em relação ao futuro, a profissional conta que participará da próxima ampliação do empreendimento fluminense. Ainda esse ano, a empresa deve anunciar um projeto imobiliário em um terreno de 2 milhões de metros quadrados.

“Será um condomínio para completar o complexo, que já possui três hotéis e um parque temático). Estou muito entusiasmada, será uma nova experiência, muito diferente porque só atuei em hotelaria”, finaliza Mônica.

(*) Crédito da capa e da foto: Divulgação/Le Canton

(**) Crédito da foto: arquivo HN

Comentários