Movimentação de passageiros em aeroportos paulistas cresce em 2019

aeroportos paulistas- passageirosCrescimento na movimentação foi de 5,4% no ano passado

O setor aéreo de São Paulo vivenciou um ano movimentado em 2019. Dos 97,1 milhões de passageiros que voaram em solo brasileiro, 30,9 milhões passaram pelos aeroportos paulistas, 31,8% da média nacional e 5,4% acima do computado em 2018, segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Apenas no Aeroporto Internacional de Guarulhos, 43 milhões de pessoas desembarcaram no terminal. Congonhas e Viracopos também estão entre os destaques do período.

Nos 21 aeroportos regionais administrados pelo Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), mais de 2,45 milhões de passageiros viajaram pelos terminais, o que representa incremento de 6,1% em relação a 2018 (2,31 milhões). “Os números comprovam o impacto da abertura de quase 700 novas frequências semanais, dentro do programa SP Pra Todos, do Governo paulista”, afirma Vinicius Lummertz, secretário de Turismo do Estado. “Se contabilizarmos somente o segundo semestre, quando o programa começou, o crescimento em 2019 é ainda maior: 10,9% em comparação com 2018”. 

A marca nacional é fruto do crescimento do setor aéreo no ano passado. Segundo a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), até dezembro, 94, 7 milhões de pessoas voaram por empresas nacionais em voos domésticos e internacionais. O setor chegou perto de atingir a projeção de mais de 100 milhões de passageiros transportados em 2019.

Outro fator relevante para os resultados foi a retomada do mercado hoteleiro do Sudeste, que apresentou aquecimento nos três principais indicadores do setor (ocupação, RevPar e diária média) no ano passado, segundo relatório divulgado pelo FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil).

Projeções para os aeroportos paulistas

Com o cenário atual, as expectativas para 2020 são as melhores possíveis. Levando em consideração apenas os terminais que receberam novas frequências, os destaques são Araraquara, que cresceu 36%, chegando perto da marca de 6 mil passageiros em 2019 ante 4,3 mil em 2018; Presidente Prudente que saltou de 279 mil para 319 mil passageiros (+14,1%) e Araçatuba, com 115 mil passageiros no período (+13,8%).

Depois de Guarulhos, Congonhas e Viracopos, o aeroporto de Ribeirão Preto é o mais movimentado do estado, tendo recebido 923 mil passageiros em 2019, crescimento de 5,3% ante 2018.

Lummertz acredita que 2020 será ainda mais positivo. “As companhias aéreas estão melhorando a oferta. Temos a expectativa de que três outros aeroportos passem a receber voos regulares e as taxas de ocupação dos aviões, com o aquecimento econômico, deverão subir sensivelmente”.

(*) Crédito da foto: Arquivo/Agência Brasil

Comentários