Movimentação de turistas internacionais cresce 320% em Alagoas em 2017

Exatos 10.718 estrangeiros desembarcam no estado no ano passado

Dados levantados pela Sedetur (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas) mostram o avanço do turismo em Alagoas, com destaque para os visitantes estrangeiros. Segundo números do órgão, o fluxo de turistas internacionais cresceu 320% em 2017 frente ao ano anterior.

Os números exatos, corroborados pela Infaero, mostram que 10.718 estrangeiros desembarcam no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares ao longo de 2017. No ano anterior, apenas 2.542 pessoas chegaram ao estado pelo terminal, das quais 60% eram argentinos. Os portenhos compõem o principal mercado emissor internacional para terras alagoanas.

A Sedetur aponta a redução do ICMS sobre o combustível de aviação, de 17% para 12%, como uma das causas para o aumento. Segundo o órgão, apesar da queda se aplicar somente a voos nacionais, uma das contrapartidas estabelecidas era que companhias aéreas incrementassem a malha aérea do estado, o que redundou na inclusão de conexões internacionais. Com isso, voos extras foram conquistados, caso da ligação direta entre Maceió e Buenos Aires.

Mais turistas internacionais

Rafael Brito, secretário estadual do Desenvolvimento Econômico e Turismo, acredita que vinda de turistas internacionais ao estado deve ser até maior. Segundo ele, os números levantamentos pela Infraero levam em conta apenas voos diretos. 

"Ainda temos os turistas internacionais que chegam ao estado em voos que fizeram conexões em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília", argumenta. "Toda essa movimentação gera emprego, renda e proporcionando uma maior qualidade de vida para a população", completa.

Em levantamento recente, a Sedetur fez uma projeção para toda a alta temporada no estado. Segundo a secretaria, o período – que vai de novembro a março – deve ser bastante favorável, até por conta da confirmação de novos voos. A estimativa é receber 600 mil turistas.

* Foto de capa: divulgação/Sedetur

Comentários