MTur: alta temporada de 2020 terá maior frota aérea dos últimos quatro anos

MTur- conectividadeRepresentantes das companhias aéreas se reuniram com o ministro

O MTur (Ministério do Turismo), representado pelo ministro Marcelo Álvaro Antonio, se reuniu com entidades do setor aéreo e representantes de companhias para debater a conectividade da alta temporada. No encontro, que aconteceu no último dia da 16ª edição do Fórum de Líderes da Aviação, as empresas anunciaram que a malha aérea estará totalmente reposta até janeiro de 2020 e será a maior frota do verão desde 2015.

Entre as entidades estavam a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), SAC (Secretaria de Aviação Civil), Ministério da Infraestrutura e Alta (Associação Latino-Americana do Transporte Aéreo). O ministro comemorou a notícia e destacou que o reforço na conectividade impacta diretamente o preço das passagens. “Esse anúncio reflete as medidas assertivas tomadas por este governo que tem o objetivo de desburocratizar e facilitar a vida de quem empreende e gera emprego no Brasil. Aumentar a oferta de voos vai garantir a qualidade do serviço e trazer um preço mais justo aos consumidores. Dessa forma, vamos conseguir melhorar e fomentar o turismo interno e internacional”.

Paulo Kakinoff, presidente da Gol, alegou que o mercado da aviação civil se viu prejudicado após a suspensão das operações da Avianca, em maio deste ano, e que as companhias tentaram minimizar a crise. “As empresas aéreas remanescentes conseguiram absorver o impacto de milhares usuários sem voos. Não deixamos nenhum cliente desamparado. Isso só foi possível graças ao apoio do governo que agilizou a flexibilização de processos burocráticos para que conseguíssemos realocar os viajantes da melhor forma”, explicou.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, disse que o encontro foi realizado para agradecer o trabalho e apoio do governo ao setor de aviação. “O ano de 2019 teve uma agenda muito rica no ambiente regulatório e no parlamento. Debatemos capital estrangeiro, desregulamentações da prestação de serviço, como no caso do transporte de bagagens, ICMS e em todos esses momentos contamos com o empenho destas lideranças”.

MTur: conectividade

Com a revisão da tributação do querosene da aviação, muitas companhias aumentaram suas operações em todo o país. A Passaredo anunciou voos em rotas regionais em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. 
Já a Azul terá rotas inéditas para a alta temporada em Vitória (ES), Porto Seguro (BA), Cuiabá (MT), Montes Claros (MG), Belém (PA), Boa Vista (RR), Porto Alegre (RS) e Jaguaruna (SC).

(*) Crédito da foto: Roberto Castro/MTur

Comentários