MTur debate ações para levantar o complexo turístico de Angra dos Reis (RJ)

mtur- angra dos reisPorto exclusivo para turistas foi uma das medidas debatidas

Em agosto deste ano, o MTur (Ministério do Turismo) apresentou um plano de desenvolvimento turístico para Angra dos Reis. Ontem (6), o ministro Marcelo Álvaro Antonio recebeu em Brasília Fernando Jordão, prefeito do destino e o Almirante Francisco Antônio Magalhães Laranjeira, para debater os avanços do projeto e medidas para potencializar o turismo na cidade.

Durante o encontro, foi discutida a construção de um porto exclusivo para turistas, nos moldes do que já foi anunciado em Balneário Camboriú (SC). A obra, ainda sem prazo de entrega, visa atrair mais visitantes nacionais e internacionais e faz parte do projeto do governo federal de transformar Angra dos Reis em um complexo turístico, assim como Cancún, no México.

O ministro alinhou ações para destravar gargalos, identificar obstáculos e definir estratégias que devem beneficiar os turistas, comerciantes e moradores. Em outubro, o MTur anunciou o aporte de R$ 15 milhões em obras para a adequação do Cais dos Pescadores e do Cais de Santa Luzia, a iluminação de monumentos históricos e as construções do Píer da Costeirinha.

MTur: apoio

Antonio reforçou a relevância do projeto para o destino e para o país, destacando a potência para elevar o turismo na região. “Nosso trabalho é levar a infraestrutura para que o turismo se desenvolva e possa gerar emprego e renda. Vamos desenvolver, respeitando a natureza, obviamente, e fazer da região uma das mais visitadas de nosso país”.

O ministro ainda enalteceu o apoio dado pelas instituições envolvidas para transformar Angra dos Reis. “Contando com a Companhia das Docas, com a prefeitura de Angra dos Reis e com o ministro Tarcísio, da Infraestrutura, vamos fazer dessa região um dos maiores potenciais turísticos do Brasil”.

Jordão agradeceu o apoio do MTur e afirmou que o setor vai crescer com as intervenções do governo federal. “Meu pai dizia que quando a pesca e o porto estão bem, a cidade está bem. E agora, com o apoio do ministro Marcelo e do presidente Bolsonaro, Angra vai ficar ainda melhor”.

Para finalizar, o Almirante colocou a Companhia das Docas à disposição do projeto. “Podem contar com o nosso apoio. Vamos caminhar lado a lado”, disse.

(*) Crédito da foto: Dênios Simões/MTur

Comentários