MTur: Parque Nacional da Tijuca é recordista de visitação no país em 2018

MTur parque nacional da tijucaVista do parque permite vislumbrar quase todo Rio de Janeiro 

Um dos pontos turísticos mais procurados do Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Tijuca (RJ) reiterou essa posição em 2018. Sede do Cristo Redentor, o local foi campeão de visitas entre os parques nacionais brasileiros. O parque recebeu 2,6 milhões de visitantes ano passado, 20,9% dos 12,4 milhões de ingressos vendidos em todas as unidade de conservação do país.

“De fato, o Cristo Redentor é um ícone do turismo brasileiro, visita obrigatória àqueles que vêm ao Rio de Janeiro. O nosso Corcovado merece cada vez mais atenção para que a estrutura de acolhimento seja a mais adequada possível”, avalia Otavio Leite, secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro.

Também no Rio de Janeiro, a Reserva Extrativista do Arraial do Cabo foi outra unidade de conservação com recorde de visitação. No total, o local recebeu 1,15 milhão de visitas no ano passado. Com isso, ficou à frente do Monumento Natural do São Francisco, que recebeu mais de 658 mil visitantes.

MTur: impacto financeiro

Estudo do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) mensurou o impacto das unidades no turismo das cidades dos seus entornos. Divulgado em janeiro, a pesquisa mostra que a cada R$ 1 investido, R$ 7 retornam às economias locais. No total, levando em conta números de 2017, os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nesses municípios.

Em paralelo, foram gerados cerca de 80 mil empregos diretos nessas cidades, com uma geração de renda de R$ 2,2 bilhões. Desse valor, R$ 613 milhões foram movimentados pelo setor de hospedagem e R$ 432 milhões pelo de alimentação.

(*) Crédito da foto: Alexandre Macieira/Riotur

Comentários