MTur prepara estudo sobre mobilidade turística do Brasil

Mtur - estudo mobilidadeRepresentantes das agências e do MTur se reuniram semana passada

Na semana passada, o MTur (Ministério do Turismo) iniciou debates e estudos para criar um diagnóstico da mobilidade no país. O objetivo é identificar gargalos e necessidades de cada modal de transporte para, a partir daí, traçar políticas públicas para reduzi-los. A ideia é incluir todas das modalidades existentes: fluvial, aéreo, ferroviário e rodoviário.

ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), SAC (Secretaria de Aviação Civil) terão representantes no grupo de trabalho envolvido no projeto, além, do próprio MTur. Especialistas do setor e universidades também participarão da iniciativa, informa a pasta. 

“Queremos envolver todos os atores responsáveis no projeto para expandir e qualificar o acesso ao turismo em todas as regiões do país. Dar ao cidadão um transporte digno e que realmente funcione”, destaca Bob Santos, secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur. 

MTur quer mais competição

Santos acredita que o diagnóstico servirá para melhorar o transporte no Brasil. “Precisamos da concorrência para ser mais eficientes”, acrescenta o secretário. À frente do projeto, por parte do Mtur, estará Thais Moura, coordenadora de Políticas e Ações Integradas da pasta.

“Os destinos, as conexões, as linhas interestaduais e os nichos de mercado são um campo ainda inócuo e não conhecido pelos agentes públicos. Saber usar este segmento trará ganhos sociais e econômicos extremamente positivos para a sociedade. É uma pauta de inclusão social”, afirma Thais.

(*) Crédito da capa: sasint/Pixabay

(**) Crédito da foto: Cecília Melo/MTur

Comentários