Nas montanhas de Vermont (EUA)...


Um hotel de montanha que exala musicalidade
(imagens: divulgação)

 

"The hills are alive with the sound of music

with songs they have sung for a thousand years.

The hills fill my heart with the sound of music.

My heart wants to sing every song it hears."

 

Julie Andrews interpretou Maria von
Trapp no filme de Hollywood

 

Os versos acima imortalizaram-se na voz de Julie Andrews, protagonista de The Sound of Music, o clássico musical de 1965 dirigido por Rober Wise. Muita gente conhece a história da jovem Maria que deixa o convento para cuidar de sete crianças acostumadas aos rigores do pai militar. Aos poucos Maria conquista a amizade e a confiança dos pequenos e o amor do capitão von Trapp. O que poucos sabem, no entanto, é que a família von Trapp realmente existiu e que, após fugirem do nazismo austríaco na última cena do filme, eles foram param em Vermont, estado norte-americano localizado na região conhecida como New England. E foi lá que abriram o Trapp Family Lodge, visitado pelo Hôtelier News.

 

Por Christiane Kokubo*

De Stowe, Vermont, Estados Unidos

 

 

A recepção e uma saleta ao lado: ambientes bastante acolhedores
(fotos: Christiane Kokubo)

 

Para os amantes do filme, conhecer o Trapp Family Lodge é no mínimo empolgante. O hotel exala musicalidade pelos corredores, salões, restaurantes, quartos. As alas são batizadas com nomes de célebres compositores ou algo que remeta à Áustria. Pelas paredes, fotos ilustram a saga da família von Trapp desde sua saída da Europa até o estabelecimento no Green Mountain State - como Vermont é conhecida.

 

Sofás confortáveis podem ser encontrados em diversos ambientes

 


Algumas salas possuem lareira, muito apropriadas para
o frio


Aqui a ala que foi inaugurada em 2000

Os von Trapp começaram a receber hóspedes em 1950 em seu lodge de 27 UHs. Trinta anos mais tarde, a família inaugurou o resort com 93 unidades habitacionais. Rodeada por montanhas, a construção e a decoração do Lodge rementem a um clima europeu, como traz o slogan da propriedade: "Um pouco da Áustria, muito de Vermont".

 


A árvore genealógica da família. Mais à direita, uma

fotografia do casal von Trapp: George e Maria

 

Além das suítes tradicionais, o Trapp Family Lodge conta atualmente com chalés muito bem equipados e decorados para famílias ou grupos que pretendem passar mais dias no resort, no sistema tradicional de diárias ou no time sharing. São duas categorias: Guest House Rental e Villa Rental.

 

 
A grande e confortável cama...

 

...e os amenities em detalhe

 

Uma das unidades Villa Rental...

 

...com a sala bem decorada...

 


...bem como a cozinha...

 

...e o quarto. As janelas são sempre grandes,

o que permite apreciar a vista lá fora

 

O Lodge oferece atividades não importa a estação do ano. Trilhas entre as árvores nas épocas mais amenas, cross-country ski -  caminhada com esquis sem descer montanhas -, passeios de trenó puxados por cavalos, parede de escalada interna, academia, piscina aquecida, massagens, hot tub - pequena piscina aquecida de hidromassagem, em geral ao ar livre, em que o hóspede relaxa quentinho enquanto a neve cai em sua cabeça -, além de apresentações musicais diárias, como não poderia deixar de faltar.

 

A parede de escalada interna foi
inaugurada há pouco tempo

 

Da piscina também é possível avistar as montanhas

 


Essa parte do resort tem instalações bem recentes

 

Para quem quer conhecer os arredores, o hotel organiza excursões diárias a alguns pontos turísticos da região. Vermont é um estado cuja principal fonte econômica é o turismo, por isso não importa aonda você vá, provavelmente será bem recebido.

 

 

A recepção para o spa. O hóspede pode se acomodar em poltronas antes ou depois da massagem

 

 

E se quiser malhar e se exercitar, fique à vontade

 

É possivel conhecer estações de esqui no inverno - há muitas delas pela região -, fábrica de sorvete no verão, aprender como se fabrica maple syrup - uma espécie de mel feito com a seiva de uma árvore abundante na região -, sempre rodeado por montanhas e muita natureza.

 


Mad River Glen, estação de ski de Vermont, vista de um de
seus
teleféricos, coberta de neve no inverno...

 

...e toda verde no começo do outono...

 

 

... quando as cores quentes e douradas presenteiam os olhos

 

No outono, Vermont ganha cores vibrantes e é um privilégio poder apreciá-las. É impressionante como uma mesma paisagem pode se apresentar de maneira tão diferente dependendo da estação do ano. Como na região cada época é bem demarcada, é curioso observar como o dia-a-dia e os hábitos podem ser diferentes conforme a condição da natureza.

 

 

Pelas fotos acima dá para notar o contraste da paisagem no inverno e no outono

 

 

Mas nem só de lazer vive o Trapp Family Lodge. Há também espaços para eventos e reuniões, com toda a infra-estrutura necessária. Além disso, um departamento especial cuida de casamentos e festas.

 

A sala Mozart é usada para eventos e reuniões

 

Os restaurantes do Lodge são muito bem servidos. Com roupas típicas austríacas, os colaboradores são bastante hospitaleiros. No inverno, inclusive, muitos estudantes universitários do hemisfério sul passam as férias por essas bandas, trabalhando. É o caso de Daniela Catalan, Eliza Chiquetto e Meg Lutz, brasileiras paulistas que resolveram encaram a experiência esse ano.

 

 

Daniela Catalan e Eliza Chiquetto trabalham no restaurante. Assim como Meg Lutz,
na foto com Ashley Poole,  elas são brasileiras

 

 

A mesa de sobremesa do jantar e, em detalhe,

a taça de chocolate recheada com mousse de café

 

São três opções de restaurante para quem quer degustar as delícias preparadas pelo chef austríaco Juergen Spagolla: The Dining Room, The Lounge e The Austrian Tea Room. Os três apresentam cozinha em estilo europeu combinada às tradições locais de Vermont. Grande parte dos temperos e vegetais servidos aos hóspedes é produzida no próprio hotel, sem uso de agrotóxicos.

 

 

No bar, com ambiente mais intimista, a presença do pianista de jazz

 

No café da manhã, detalhes que fazem a diferença

 

  

Cereais, frutas, pães...

 

 

... mais frutas, sementes...

 

 

...waffle e outras delícias fazem parte do menu do dejejum

 

Hoje, a propriedade ainda é administrada pela família. Johannes von Trapp, filho caçula do capitão George e de Maria, é o presidente do Trapp Family Lodge. O capitão morreu em 1947 e Maria, em 1987.

 

O holandês Hans van Wees, há 11 anos atua como
gerente geral do Trapp Family Lodge

 

O vice-presidente e gerente geral do estabelecimento, o holandês Hans van Wees, afirma que não são muitos os turistas que procuram o hotel exclusivamente por causa do filme. “Estamos muito bem localizados, no meio de belas montanhas, oferecemos um serviço europeu nos Estados Unidos. Além disso, os mais de 100 km de trilhas de cross-country ski atraem muitos amantes do esporte, que vêm por causa de todos os nossos atrativos, incluindo a gastronomia e a hospitalidade. O filme é uma atração a mais”.

 

Chad Fay, gerente de vendas, e sua esposa, a brasileira Vanessa, nos
mostraram o hotel. E ele afirmou que no verão há hóspedes que saem
cantando de braços abertos pelo gramado, como no filme

 

Não importa para o que você visite o hotel. Descansar, trabalhar, cantar, esquiar, caminhar, comer, se divertir. Lá você tem suas expectativas satisfeitas. Se for fã do filme, melhor ainda!

 

 

As montanhas de Vermont

 

Serviço
Trapp Family Lodge
700 Trapp Hill Road – P.O. Box 1428
Stowe, Vermont 05672
1 800 826 7000
www.trappfamily.com
www.gostowe.com
www.travel-vermont.com

* A reportagem do Hôtelier News se hospedou no Trapp Family Lodge a convite do hotel

Comentários