Natal terá hotel-escola destinado a alunos de turismo

NatalA unidade fica na Via Costeira da capital potiguar

Com previsão de formar 2 mil profissionais do turismo por ano, Natal ganhou um hotel-escola nas últimas semanas. Recém-inaugurado, o local servirá como laboratório para capacitar futuros hoteleiros do estado. O objetivo é unir teoria e prática na formação, integrando o ensino a um ambiente real de meio de hospedagem.

Segundo Marcelo Queiroz, presidente da FecomércioRN (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte), o hotel-escola se junta a outras nove unidades hoteleiras da Via Costeira, em Natal. A instituição oferecerá cursos em diversos segmentos do turismo, contemplando desde cursos de nível básico até de gerência e governança.

“O complexo vai atuar para suprir o mercado com mão de obra de excelência, refletindo na melhoria dos produtos e serviços do trade do estado”, explica Queiroz. De acordo com o Senac-RN, o nível de empregabilidade dos alunos que concluem os cursos da entidade está em 85%. Para se inscrever, basta procurar o Senac RN.

Outro passo importante do Rio Grande do Norte para incrementar o mercado turístico foi a negociação de voos charters. Um dos casos, por exemplo, envolve uma rota entre Natal e Amsterdã.

Natal: estrutura

O Centro de Educação Profissional, integrado ao hotel, tem duas cozinhas pedagógicas, laboratório de panificação e confeitaria e laboratório de A&B (Alimentos & Bebidas). Ao todo, são seis salas de aula e uma biblioteca com os principais títulos dos segmentos de turismo, hospitalidade, gastronomia e lazer.

O ambiente de ensino e aprendizagem também conta com restaurante, café e bar, abertos aos hóspedes e ao público externo. O hotel-escola possui, ainda, um centro de eventos com diversos espaços para receber eventos empresariais e sociais para até 500 pessoas.

São 52 unidade habitacionais, comportando até 150 hóspedes. Além disso, todos os ambientes são acessíveis e preparados para pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção.

(*) Crédito da foto: Canindé Soares/FecomércioRN

Comentários