Nilson Bernal: "Diferencial é necessário para conquistar emocionalmente o cliente"

Nilson Bernal atual gerente Geral do Four Points By Sheraton Curitiba 
(foto:divulgação/Literal Link)

A hotelaria foi definida como uma meta por Nilson Bernal desde seus 18 anos. Certo de sua escolha profissional, justificada por sua paixão em lidar com pessoas, o atual gerente Geral do Four Points By Sheraton Curitiba, acredita que escolheu uma paixão como profissão.  “Sempre gostei de hotelaria e sempre foi algo de motivado por um interesse próprio”, afirma.

Nascido em Foz do Iguaçu, no Estado do Paraná, o executivo equilibrou sua trajetória profissional entre sua cidade natal e Curitiba. Formado em Hotelaria e em Administração de Empresas, Bernal acumula 20 anos de experiência no segmento de hotéis, tendo lidado especialmente com o setor corporativo, comum no destino.

Por cinco anos o profissional ganhou experiência no segmento de lazer ao trabalhar no Bourbon Cataratas Convention & Spa Resort, em seguida passou a atuar na rede Mabu.

O ingresso na rede Atlantica deu-se primeiramente pelo hotel que gerencia atualmente, o Four Points by Sheraton Curitiba, onde atuou por seis anos como gerente de Operação. Mais tarde, deu mobilidade a sua carreira ao passar pelo Quality Hotel Curitiba e pelo Radisson Hotel Curitiba, como gerente geral. “Dos 20 anos que acumulo trabalhando em hotéis, passe 14 deles na rede Atlantica”, confirma.

De acordo com Bernal, Curitiba conta com 18 mil leitos, sendo que 90% deles são voltados para o público corporativo. Visto isso, é sempre necessário trazer um diferencial para que o empreendimento conquiste “emocionalmente” os hóspedes. “Tentamos oferecer algo a mais, para que eles se sintam em casa, todos os colaboradores realizam treinamentos voltados para esse conceito de hospitalidade”, explica.

Com uma taxa anual de 58% de ocupação, o público de negócios representa 90% dos hóspedes. Entre as diferenças com o público de lazer, a que mais se destaca para Nilson, é o tempo de permanência. “O perfil do lazer é uma perfil que consome mais o produto, e que, por seu tempo de permanência, possui uma exigência maior. O corporativo no meu hotel permanece por um ou dois dias”, explica.

Justamente pela curta estadia, os serviços oferecidos buscam um diferencial perceptível, pautado na qualidade. “O principal desafio é fazer com que os colaboradores se sintam bem, motivados, para que isso se reflita em suas funções”.

Frente à gerência do hotel, Nilson Bernal busca, sobretudo, manter o Four Points como referência em Curitiba, além de entregar aos hóspedes o produto que a marca oferece e ir além de suas expectativas.

Serviço
atlanticahotels.com.br

Comentários