Novotel Itajaí (SC) projeta se consolidar no mercado até 2020

novotel itajaíNovotel é opção para turismo corporativo e de lazer em Itajaí

Com pouco mais de um ano de operação, o Novotel Itajaí projeta que estará consolidado no mercado de Itajaí (SC) até o primeiro semestre de 2020. Inaugurado em dezembro de 2017, o hotel alcançou ocupação média de 55% em 2018, primeiro ano completo de operação. Segundo Adnã Pereira, gerente geral da unidade, o objetivo maior é aumentar o público de lazer e fidelizar o corporativo. 

“Por carregar a marca Novotel, já temos uma posição forte na hotelaria da cidade. Mas por ser um produto novo, termos passado de 50% na média ocupacional do primeiro ano foi um resultado razoável e nos deixa otimista para os próximos anos de operação”, diz Pereira. 

O Novotel Itajaí é de administração da Accor e propriedade da Rede Pires de Hotéis. O empreendimento é fruto de uma conversão de um dos hotéis mais tradicionais da cidade catarinense, o Mariner Plaza Hotel. 

Por sua localização, o hotel absorve bastante a demanda corporativa da cidade, chegando a representar 80% dos hóspedes durante a semana. “Itajaí respira turismo de negócios e o Novotel vêm recebendo muito esses turistas, principalmente por estar próximo do Centreventos Itajaí. Também sediamos alguns eventos devido à nossa estrutura que conta com quatro salas de eventos e também oferecemos serviços de equipamentos e A&B”, conta o gerente.

Ainda de acordo com Pereira, logo no primeiro ano de operações do Novotel um grande evento mundial já provou a vocação do hotel para o turismo de negócios. Trata-se do Volvo Ocean Race, uma competição de regata volta ao mundo que possui parada em Itajaí. No ano passado, o evento teve programação em terra dos dias 5 a 22 de abril no Centreventos Itajaí. 

Novotel itajaí: lazer

Pela proximidade com Balneário Camboriú (SC), Pereira afirma que o empreendimento da Accor também tem potencial para o turismo de lazer. “Aos fins de semana nossa demanda é praticamente exclusiva de lazer. Porém, nossa ocupação cai para uma média de 50%. Então nosso desafio está sendo quebrar essa sazonalidade e fortificar o nome do hotel como destino de lazer também. Além das praias de Itajaí, nossa proximidade com Balneário Camboriú me faz acreditar que podemos crescer nesse segmento”, declara o gerente.

Para isso, o hotel planeja agregar mais equipamentos de lazer em sua infraestrutura. Contando com uma piscina e academia, Pereira comenta dos planos para o ofurô na área externa do hotel. “Queremos trazer produtos diferenciados para o lazer, uma das ideias é a do ofurô, que deve ser colocada em prática no fim deste ano ou início de 2020”, conta.

Para 2019, a expectativa é que o acumulado anual da ocupação feche acima de 60%.

(*) Crédito da foto: Divulgação/ Accor

Comentários