Pamela Stein é a nova gerente geral do Plaza Premium Lounge Brasil

Pamela Stein- lobbyPamela já atuou em grandes redes como Blue Tree, Radisson e Best Western

A PPL (Plaza Premium Lounge Brasil), rede de salas VIPs independentes que atua no aeroporto Internacional Tom Jobim, anuncia nova gerente geral. A empresa asiática passa a ser comandada por Pamela Stein, de 38 anos. A executiva possui mais de 15 anos no mercado de hospedagem e prestação de serviços de luxo. 

Pamela vem para intensificar a excelência no atendimento e diversificar ainda mais os serviços com implementação de novas opções de entretenimento nos lounges, além de promover uma renovação nos cardápios. “ Nos últimos três anos, a PPL foi eleita o melhor lounge independente de todos os aeroportos ao redor do mundo, mas é preciso sempre buscar um novo desafio para o negócio”, explica.  

“Já estamos estudando, por exemplo, criar um espaço voltado ao público infantil para que a criança tenha espaço para diversão e os pais ou responsáveis possam descansar de fato nas salas da PPL. O nosso chef exclusivo, responsável pelo cardápio, também vai buscar um menu mais brasileiro, com incremento de frutas e bebidas típicas. A mudança é importante para que o turista estrangeiro, e até mesmo o brasileiro, possa provar pratos de qualidade da nossa culinária já no aeroporto”, completa a gerente.

Pamela Stein: carreira

A profissional morou 10 anos na Suécia onde graduou-se em Administração Hoteleira e fez especializações no setor. De volta ao Brasil, Pamela deu início a sua carreira em sua terra natal. “Optei por começar a minha carreira aqui porque é uma nação com grande potencial devido à vasta e diversificada cultura, gastronomia e, principalmente, beleza natural”, afirma.

Em seu currículo, a executiva possui passagens por grandes redes como Best Western Premier, Radisson, Sheraton e Blue Tree. “Chego ao Plaza Premium Lounge com um desafio motivante: expandir os negócios do grupo no Brasil e na América Latina, além de ajudar a quebrar o paradigma de que salas VIP são acessíveis apenas aos passageiros com alto poder aquisitivo”, avalia.

Comentários