Para você, dá para pensar em treinamento?

Treinamento - dicas quarentena_Lucila QuintinoLucila: retomada exigirá um equipe preparada, pois competição será alta

Com a baixa demanda, vários hotéis brasileiros suspendem atividades de maneira temporária. Com a MP 936, a conta deve aumentar, uma vez que muitos hoteleiros devem suspender contratos de colaboradores para enxugar ao máximo os custos. Para quem decidiu manter as operações, crises também geram oportunidades, e uma boa está relacionada à equipe. Sim, é possível aproveitar a baixa procura dos hóspedes para qualificar os colaboradores.

Essa é a análise de Lucila Quintino, sócia da HotelConsult, que destaca que, cedo ou tarde, hotéis reabrirão. “Por que não aproveitar o momento para treinar o time? Quando a operação está a mil por hora, é sempre mais difícil”, comenta. “Tivemos muitos processos seletivos concluídos agora, durante a quarentena. Por que não fazer essa ambientação, mesmo que à distância. Certamente não é o ideal, mas estamos longe da normalidade agora”, completa.

Treinamento: formar o melhor time

Das lideranças ao time operacional, Lucila acredita que todo quadro de funcionários pode participar de algum tipo de ação. “Na alta cúpula, é hora de brainstorming para definir primeiras ações estratégicas para a reabertura do hotel”, recomenda, em contato com o Hotelier News. “Para o time de backoffice, por que não reunir garçons, cozinheiros e governantas para definir novos POPs (Procedimentos Operacionais Padrão)?” acrescenta.

Para a sócia da HotelConsult, o time de vendas é um que merece atenção neste sentido. “Nunca a área foi tão importante como agora. O time de vendas será muito cobrado quando houver a retomada. Os colaboradores terão que arregaçar as mangas para elevar ocupação e maximizar RevPar. Capacite sua equipe sobre conceitos de RM (Revenue Management) ou mesmo sobre técnicas de negociação comercial. O mesmo vale para a recepção, que pode aprender sobre upselling”, completa Lucila, que dá um recado final:

“Agora, melhor do que entregar conteúdos de mão beijada para eles estudarem é instigar o interesse dos colaboradores. Nas reuniões semanais com o time, a liderança deve pedir para que cada um traga um tema novo para debate, por exemplo”, recomenda. “Certo é que, mais do que nunca, os hotéis vão precisar de pessoas qualificadas para a retomada do mercado. A concorrência vai ficar acirradíssima, então não perca oportunidade de deixá-los prontos para esse momento”, finaliza.

(*) Crédito da capa: Peter Kutuchian/Hotelier News

(**) Crédito da foto: Divulgação/HotelConsult

Comentários