Pautada no segmento econômico, rede Mabu organiza expansão com planejamento ambicioso

*De Curitiba (PR)


Wellington Estruquel, diretor executivo da rede, falou sobre os projetos Mabu Express
(foto: Filip Calixto)

Empresa fundada na região Sul do País e presença cativa na lista das maiores redes hoteleiras brasileiras, a Mabu Hotéis e Resorts realiza um movimento de ampliação significativo no número de hotéis que gerencia. Administradora de cinco empreendimentos, a corporação fundamenta na criação de uma marca de categoria econômica seu movimento de crescimento que já tem números significativos. Apenas nós próximos três anos, dez hotéis da nova marca Mabu Express devem ser inauguradas, num planejamento de até R$ 150 milhões aportados por dois parceiros comerciais, conforme comenta Wellington Estruquel, diretor Executivo da companhia, em entrevista concedida ontem (12).

Em andamento, o planejamento prevê três aberturas no próximo ano, cinco em 2016, e as duas restantes virão em 2017. As construções todas serão inataladas em cidades consideradas secundárias, no interior de Santa Catarina, Paraná e Porto Alegre - sacramentando a preferência pela parte Sul do mapa brasileiro.

"Algum tempo atrás identificamos a oportunidade de entrar no segmento econômico e entedemos que podia ser um passo estratégico, assim como outras redes têm feito. Mas queríamos ter um parceiros forte, não entrando de forma picada, com um ou dois empreendimentos. Buscávamos um parceiro de peso e com o qual nós pudéssemos desenvolver de cinco a dez hotéis. E foi o que a gente conseguiu", rememora o diretor executivo lembrando o início do desenvolvimento do projeto Express. 

Outro aspecto de grande relevância para a cúpula da companhia é a escolha dos destinos nos quais as novas unidades estão sendo construídas. Segundo Estruquel, o critério de escolha é o potencial de crescimento e expansão de cada município. A partir daí um estudo de viabilidade é realizado e ratificando assim a probabilidade de êxito dos meios de hospedagem.

Na empreitada Mabu Express as aplicações financeiras serão arcadas pelos parceiros investidores, que continuam tendo a maior parte dos apartamentos mesmo quando as unidades começagrem a ser vendidas para investidores pulverizados. 

Quanto às localizades, quatro cidades já podem ser divulgadas como sedes de novos empreendimentos: Pelotas (RS), São José dos Pinhais (PR), Cascável (PR) e Guarapuava (PR). 

Concentração no Sul
Questionado sobre a insistência da empresa no Sul, o executivo explica que a concentração reforça o posicionamento no cenário sulista, onde a Mabu já é reconhecida por serviço e atendimento. 

"Ao mesmo tempo, a gente entende que precisa crescer em outros destinos. Alguns lugares como Sudeste, principalmente no mercado de São Paulo. Não acreditamos muito na capital paulista, já que é um local muito complexo de entrar, mas sim no interior, onde já temos possíveis parcerias", antecipa.

Lazer
O segmento de lazer também tem ganhado atenção especial dos gestores e acontratação de alguns profissionais focados nesse setor comprovam isso. Recentemente, a executiva Mariana Mello uniu-se à equipe a fim de desenvolver exatamente esta área.

Serviço
www.hoteismabu.com.br

Comentários