Pegasus vai parar com o desenvolvimento de PMS

A Pegasus anunciou também que tem intenções de sair do negócio de PMS. Os produtos de PMS, da empresa, têm hotéis independentes e de rede, como clientes, incluindo, uma marca privada para os hotéis da Best Western. Já existem compradores em potencial para o PMS, que poderá ser vendido em partes ou na sua totalidade. A idéia é se desfazer do negócio em um ano.
"Estamos há um bom tempo no negócio de PMS", afirmou afirmou John F. Davis III, presidente e CEO da Pegasus. "E como não temos mais a intenção em desenvolver nosso próprio sistema, queremos trabalhar com mais proximidade com as empresas que desenvolvem os PMSs, para garantir que seus produtos possam se integrar com nossa central de reservas e sistemas de distribuição. A integração desses produtos será a base para encaminhar o Next Generation Hospitality Engine, onde estamos concentrando nossos esforços, junto a diversas redes hoteleiras, no último anos", completou Davis.
A Pegasus trabalha com quatro gamas de serviços: de representação - incluindo a Utell by Pegasus e Unirez by Pegasus, de reservas, de finanças, e, de distribuição. A empresa oferece soluções tecnológicas e de serviços para hotéis e operadoras de turismo, em todo o mundo. Todo produto é desenvolvido para atender todos os processos de comercialização dos produtos dos clientes, maximizando a receita e rentabilidade, e principalmente, ajudando na concretização de oportunidades. (Peter Kutuchian)

Serviços
www.pegs.com

 

Comentários