Pesquisa revela perfil do turista que visita a região Costa dos Corais (AL)

Formada pelos municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, Porto Calvo, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe, Barra de Santo Antônio e Paripueira, a Costa dos Corais, no Litoral Norte do estado, conta agora com uma ferramenta importante para análise e gestão do segmento na região. A Pesquisa do Perfil do Turista, realizada pelo Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCC&VB), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), revela detalhes sobre o público da região.

A pesquisa amostral foi realizada entre os meses de outubro e dezembro de 2016, nos municípios de Maragogi, Japaratinga e Passo de Camaragibe e é o marco inicial para um estudo mais aprofundado sobre a Costa dos Corais. Outras quatro serão realizadas ainda este ano, a partir de março.

Para Paulo Kugelmas, superintendente de Turismo da Sedetur, a iniciativa é uma forma de compreender melhor quem chega ao Estado e um mecanismo relevante para traçar estratégias. “É fundamental que conheçamos os turistas que visitam Alagoas. A partir disso, podemos analisar e planejar com maior assertividade ações que desenvolvam os destinos alagoanos e atraiam ainda mais visitantes de dentro e de fora do país”, comenta.

De acordo com o levantamento, a região se consolidou como um destino voltado para famílias e casais em lua de mel, visto que 55% dos visitantes são casados e 39% solteiros. A pesquisa revela também que a maioria dos turistas vem do Sudeste do País, sobretudo de São Paulo (39%) e do Rio de Janeiro (32%). No âmbito internacional, tiveram destaque os viajantes vindos da cidade de Amsterdã, na Holanda, configurando 3% dos estrangeiros entrevistados.

Os dados apontam que o tempo de permanência na região é, em média, de sete dias, de acordo com 46% dos entrevistados. Para 99% deles, a viagem correspondeu às suas expectativas e 87% pretendem retornar e/ou indicariam o destino para amigos e familiares.

“Com essas informações, conseguimos ter uma boa gestão estratégica, como, por exemplo, identificar o que faria o turista deixar mais recursos financeiros no destino e que tipo de atividade ele busca como experiência, para poder ampliar a nossa capacidade”, afirma Renato Lobo, diretor executivo do CCC&VB.

Serviço
sedetur.al.gov.br
costadoscoraisalagoas.com.br
 

Comentários