Philippe Seigle deixa a AccorHotels e prepara as malas para o Marrocos

Philippe SeigleSeigle em meio a algumas de suas obras de arte

Hoteleiro de carreira surpreendente, Philippe Seigle deixa, no próximo dia 28, a AccorHotels, onde atuava como Area Manager do segmento de Luxo. Em meados de maio, o executivo vai com a família para o Marrocos, onde fixará residência. "Esta é a terceira vez que deixo o Brasil, por isso voltar para cá sempre estará nos planos. Amo este país", comenta Seigle para o Hotelier News.

Seigle revela que deseja entrar de vez para o mundo das artes plásticas. O hoteleiro-artista já atua com ênfase há dois anos no setor e já teve seus quadros expostos em algumas galerias. "Estou seguro que este é um caminho que irá me trazer tanta alegria quanto a verdadeira hotelaria me trouxe", diz.

No Marrocos, além dos pincéis, ele dará aulas e palestras na Escola de Hotelaria de Casablanca. "Não posso abandonar a hotelaria, tenho muitas histórias para compartilhar. Aliás, vou escrever um livro sobre a experiência de ter vivido e trabalhado como hoteleiro em 20 países. Tenho muitos cases", menciona Seigle.

Philippe Seigle: carreira 

Seigle está na hotelaria há mais de 40 anos. Recebeu o prêmio de Melhor Gerente Geral do Mundo da "Worldwide Hospitality Awards", em Paris. Uma da experiências mais marcantes foi na Tailândia, em 2004, quando houve o terremoto que gerou uma tsunami devastadora na região. "Senti-me como um comandante de navio à deriva. Chamei minha equipe e tive que tomar decisões rápidas e não podia errar de maneira alguma. Foi um dos momentos mais difíceis da minha carreira", relembra.

A rede Le Meridien foi a grande escola de Seigle. Foi nela que aprimorou sua base n área de A&B (Alimentos & Bebidas) e viajou o mundo. "Foi uma grande escola, uma hotelaria diferente, uma época muito valorizada pelo sentimento da prestação de serviços e de acolhimento", finaliza.

(*) Crédito da foto: Arquivo pessoal

Comentários