Phocuswright Conference: conheça startups inovadoras focadas em hotelaria

De Hollywood, Miami, Estados Unidos*

Phocuswright Conference - Philip Von Ditfurth_apaleoVon Ditfurth já atende a hotéis em sete países, somando 1 mil quartos 

De aeronaves supersônicas a chatbots, a manhã da The Phocuswright Conference, aberta hoje (18), apresentou soluções inovadoras para praticamente todos os setores da indústria de viagens. A parte final das apresentações de startups, contudo, foi focada em serviços para a hotelaria. A apeleo criou um PMS que adota uma nova abordagem comercial para as integrações de sistemas. Já a Hotelmize visa aumentar os lucro dos hotéis utilizando algoritmos avançados de inteligência artificial.

Fundador da apaleo, Philip Von Ditfurth mostrou logo suas cartas no começo da apresentação. Segundo o empreendedor, o PMS desenvolvido pela empresa abre uma nova era para os sistema de gestão de hotéis. O segredo da startup alemã é seu approach Open API (API aberta). “Com isso, possibilitamos integrações muito mais dinâmicas com outros sistemas, com um clique de um botão”, afirma.

De fato, ao liberar abrir seu API, a apaleo economiza muito dinheiro em custos de integração, além de tempo gasto nesse processo. “A hotelaria como um todo demanda essa mudança, estão todos cansados dos custos envolvidos e do tempo perdidos com integrações de sistema com outros fornecedores”, afirma. Von Ditfurth. “Atendemos a 1 mil hotéis em sete países, de diferentes tamanhos e categorias. Falando sobre o PMS em si, o sistema é cloud base e multiplataforma, sendo ainda intuitivo e fácil de usar”, completa.  

Phocuswright Conference: inteligência artificial

Dor Krubiner, CEO da Hotelmize, é oriundo do mercado financeiro. A partir dessa experiência, ele percebeu que a flutuação das tarifas hoteleiras guarda suas semelhanças com a volatilidade dos preços das ações. “Então, usamos estratégias preditivas do mercado financeiro para mapear as tarifas de hotéis usando algoritmos”, explica o empreendedor.

Baseada em Londres, a Hotelmize monitora tarifas de quartos disponíveis em OTAs, consolidadoras digitais e de sites dos próprios hotéis, além de PMSs dos mesmos. “São várias fontes de dados mapeadas por nosso sistema, Com isso, conseguimos fazer uma previsão precisa, permitindo aos hotéis, que já têm margens espremidas, aumentar seus lucros”, comenta.

(*) Crédito das fotos: Vinicius Medeiros/Hotelier News

 

Comentários