Plataforma de ensino online do MTur soma mais de 34 mil alunos

mtur - capacitaçãoO prazo para conclusão dos cursos é fevereiro

Com 26.784 alunos inscritos no canal BBA (Brasil Braços Abertos) e 7.576 inscrições no Canal Gestor, o Ministério do Turismo encerrou as inscrições do ano de 2018 com 34.360 alunos matriculados em todo o Brasil e mais 28 países. Os cursos à distância são destinados aos trabalhadores que atuam em atividades turísticas ou interessados em ingressar no mercado de trabalho por meio de uma atividade da indústria do turismo. O prazo para conclusão dos cursos é 17 de fevereiro de 2019.

"O Ministério do Turismo deu um importante passo para melhorar a qualidade dos serviços prestados ao turista pelo Programa de Qualificação para o Turismo. São cursos gratuitos, fáceis e acessíveis", afirma Vinicius Lummertz, ministro do Turismo. "É mais uma oportunidade para brasileiros e estrangeiros, que atuam ou pretendem trabalhar no mercado de viagens, aprimorarem os conhecimentos e o atendimento", completa. 

O Sudeste, com 11.682 alunos, tem 44% do total de inscritos do BBA. A região também conta com 44% dos alunos do curso Gestor de Turismo, um total de 3.362 matriculados. O Nordeste vem em segundo lugar, com 6.687 (25%) dos alunos do BBA e 1.703 (22%) estudantes do curso de Gestor. 

O Sul tem 16% dos inscritos, sendo 4.206 do BBA e 1.233 do Canal Gestor. O Centro-Oeste conta com 2.155 (8%) do BBA e 710 alunos (9%) no Canal Gestor. No Norte, são 7% dos inscritos nas duas plataformas online: 1.941 no BBA e 543 no Canal Gestor.

Em 12 países, 24 estrangeiros se inscreveram no curso de gestor.

Os conteúdos, disponibilizados em português, abordam temas como Planejamento, Legislação sobre Turismo e Contratações, Elaboração de Projetos e Programas e Ações do MTur.

MTur: detalhes do curso

O curso de Atendimento ao Turista, do canal BBA, é destinado a maiores de 15 anos com qualquer nível de escolaridade. Os módulos totalizam 80 horas-aula. O aluno pode acessar o conteúdo por meio de qualquer dispositivo com acesso à internet, como smartphone, tablet, Smart TV ou computador. Ao concluir o curso, o próprio aluno emite o certificado chancelado pelo MTur e IFRJ, que vale como curso de extensão.

O curso de 50 horas é dividido em 35 unidades e, da mesma forma que o BBA, o aluno pode acessar o conteúdo por meio de qualquer dispositivo conectado à internet. O certificado vale como curso profissionalizante.

(*) Crédito da foto: Ergin_Akurt/Pixabay

Comentários