Plaza Premium Lounge registra 118% de aumento de público em 2018

Plaza Premium Lounge- expansãoPamela: Queremos quebrar o paradigma de que as salas são produtos inacessíveis

No Brasil desde 2016, o Plaza Premium Lounge (PPL) vem assistindo a aceitação do público brasileiro crescer em relação as salas VIP. Comparando o ano passado com 2017, a rede apresentou um aumento de fluxo de clientes de 118%. Apenas em fevereiro, esse incremento foi de 70%, na mesma base de comparação. Já para 2019, a taxa de ocupação das salas ficou em 80% no primeiro trimestre.

Pamela Stein, gerente geral recém-contratada do grupo, afirma que os planos da PPL para este ano são de consolidação no mercado brasileiro. “Queremos consolidar o serviço para que a expansão aconteça. No Brasil, o público ainda não está acostumado com o conceito de sala VIP, então buscamos quebrar esse paradigma”, explica. “Utilizamos o termo ‘lounge’, pois o VIP dá uma impressão de inacessível”, ressalta.

De natureza independente, as salas da PPL estão localizadas no aeroporto RIOGaleão (RJ). Com cinco operações no terminal, a empresa investiu US$ 9 milhões na construção das três primeiras unidades brasileiras em 2016, mirando no fluxo intenso causado pelas Olimpíadas. “O Rio de Janeiro é a capital do turismo no país. Foi uma estratégia implementar nessa época para fomentar a consolidação da marca”, diz.

Plaza Premium Lounge: serviços

A empresa asiática oferece serviços onde os clientes não precisam estar vinculados a cartões de crédito e programas de milhagens. Qualquer passageiro pode comprar um lugar nas salas da PPL através do site ou diretamente nas recepções instaladas nos aeroportos. Os clientes podem aproveitar o bufê completo, wi-fi, banheiros com chuveiro entre outras comodidades oferecidas. “Nosso foco agora é São Paulo e outras capitais da América Latina”, salienta Pamela. “Nosso custo-benefício é forte. Aqui os clientes podem relaxar de verdade e com segurança”, pontua.

Além dos lounges, a PPL também conta com serviços de hospedagens. O Aerotel é uma acomodação de trânsito que possui quartos de utilização de três, seis ou 12 horas. “Termos pacotes que incluem o uso do lounge. Cerca de 60% dos nossos clientes estão em conexão, então buscamos entregar um pacote completo de serviços de acolhimento”, afirma.

O período de três horas no lounge doméstico da empresa sai pelo valor de R$ 130, com todas as regalias da sala inclusas. Já no terminal internacional, o preço para a mesma quantidade de tempo fica por R$ 160. 

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Plaza Premium Lounge 

Comentários