Por melhor experiência em reservas, Mabu lança atendimento guiado por inteligência artificial

MabuFerramenta atende em três idiomas

A rede Mabu Hotéis & Resorts acoplou a seu website uma ferramente de inteligência artificial para atendimento a clientes. A ideia, segundo contam os gestores da empresa, é melhorar a experiência de reservas na página. O atendimento se dá via chat, a qualquer momento do dia, com uma tecnologia capaz de responder dúvidas e antecipar solicitações feitas com frequência.  

Wellington Estruquel, diretor executivo da companhia, explica que investir em tecnologia já é uma necessidade e não mais inovação. "Com o consumidor cada vez mais conectado, o uso de ferramentas instantâneas de comunicação on-line se torna fundamental para o setor hoteleiro", reforça. 

O executivo explica que além de ser compatível com o comportamento do cliente, a ferramenta serve para aumentar o tempo de atendimento. "Muitos viajantes pesquisam, perguntam e reservam hotéis fora do horário comercial. Não há mais tempo para esperar o dia seguinte para fazer uma ligação e tirar dúvidas", completa. 

Ferramenta de inteligência artificial: como funciona?

A instrumento instalado no site é um chatbot que responde a perguntas sobre estrutura, localização, atrações e também dá dicas sobre os destinos. Além disso, é integrada ao motor de reservas, podendo passar ao cliente as cotações das diárias solicitadas diretamente no fluxo da conversa. O atendimento é feito em três idiomas: português, inglês e espanhol.

"As pessoas digitam em aplicativos de mensagens pelo celular muito mais do que falam em telefones. Isso exige da hotelaria uma mudança na política e nas técnicas de atendimento ao cliente", dz Estruquel.

O robô recebeu o nome de Ana e fica localizado no canto inferior direito do site. A rede não divulgou os valores investidos no desenvolvimento da tecnologia.

Com o aplicativo Ana, a rede reforça também o setor de Vendas, departamento que comemorou em maio números expressivos.

(*) Crédito da foto: Site da rede Mabu/divulgação

Comentários