Prefeitura de Foz do Iguaçu (PR) privatizará Centro de Convenções

Foz do IguaçuPropriedade não recebeu reformas em 15 anos de existência

Alinhado com viés liberal da administração Bolsonaro, Foz do Iguaçu (PR) adicionou mais uma privatização para a lista do governo. A prefeitura informou que abriu edital para a cessão do Centro de Convenções de Foz do Iguaçu à iniciativa privada. As propostas devem ser protocoladas até o dia 20 de março.

Com nove empresas e consórcios interessados pela propriedade até o momento, a negociação terá algumas condições. Além do prazo de concessão em 30 anos, o investimento mínimo exigido pela prefeitura é de R$ 25,4 milhões. Além disso, o prazo máximo para execução das obras de até 36 meses. O edital prevê ainda outorga inicial de R$ 1,08 milhão.

Gilmar Piolla, secretário municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, explicou que o espaço dará melhor retorno melhor nas mãos da iniciativa privada. “A concessão era de extrema necessidade, pois a estrutura nunca funcionou em posse do município”, comentou Piolla, em contato entrevista ao Hotelier News. “O trabalho de captação de eventos não era bom e, por muitos anos, o centro de eventos serviu como cabide de empregos”, completou.

Foz do Iguaçu: detalhes

Com uma área de 95,8 mil metros quadrados (m²), o centro de convenções fica entre a Rodovia das Cataratas (BR-469) e o Aeroporto Internacional das Cataratas. A licitação será vencida pela organização que oferecer o maior volume de investimentos, maior lance sobre a outorga inicial e garantir o menor tempo de execução dos serviços.

Segundo o secretário, as interessadas pela concessão são consultorias, empresas de engenharia, escritórios de advocacia e gestoras de espaços de eventos.

(*) Crédito da capa: Divulgação/Acervo Pessoal

(**) Crédito da foto: Christian Rizzi/Setur Foz do Iguaçu

Comentários