Presença de brasileiros em Israel cresce 14% em 2018

israelMovimentação turística subiu 14% em 2018

Pelo segundo ano consecutivo, Israel bateu recorde no número de turistas estrangeiros. Em 2018, foram 4,1 milhões viajantes internacionais chegando ao país do Oriente Médio, crescimento de 14% sobre 2017 – que já havia sido recorde. Coincidentemente, o aumento na presença de brasileiros foi o mesmo, 14%, com 62,5 mil visitantes oriundos do Brasil. Os números foram divulgados pelo Ministério do Turismo de Israel no Brasil.

Esta é a terceira vez seguida que o fluxo do Brasil aumenta em destinos israelitas. Com o resultado de 2018, o mercado brasileiro passou a ser o principal emissor da América Latina para Israel.

Renata Cohen, diretora-geral do Ministério do Turismo de Israel no Brasil, confirma a importância do mercado tupiniquim. "Hoje, investimos na ampliação do conhecimento do mercado sobre Israel para atingir os viajantes brasileiros de diferentes perfis", comenta. De acordo com a executiva, é um destino que vai muito além do aspecto religioso. "Também oferece praias badaladas, gastronomia sofisticada, experiências únicas no deserto e o Mar Morto, além de ser um destino seguro e que respeita a diversidade", completa.

Renata ainda celebra a recente inauguração de uma rota direta entre o Brasil e Israel, anunciada na WTM-LA do ano passado. Para ela, isso contribui para que novos recordes sejam alcançados. 

Crescimento no turismo de Israel

O ministério sublinha ainda o aumento exponencial da atividade turística nos últimos anos. Para se ter uma ideia da dimensão do resultado geral, Israel atingiu a marca turística de 1 milhão de visitantes em 1978, trinta anos após o estabelecimento do Estado. A partir dali, foram necessários 16 anos para adicionar o próximo milhão (em 1994) e 23 anos para atingir 3 milhões (em 2017). Agora, foram necessários apenas dois anos para chegar a 4 milhões.

"Essa conquista é o resultado direto do trabalho intensivo que estamos fazendo no Ministério do Turismo. Isso possibilitou uma mudança revolucionária na estratégia de marketing, apoiada no desenvolvimento de infraestrutura, abertura de novas rotas e colaborações com alguns dos maiores agentes de viagens do mundo", afirma Yariv Levin, o Ministro do Turismo de Israel.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Ministério do Turismo de Israel

Comentários