Prodetur+Turismo agora tem cadastro online de propostas

Prodetur + Turismo - novo portalAgora, hotéis podem acompanhar em tempo real a tramitação da proposta

Desde hoje (3) hotéis de todo país têm nova forma de cadastrar propostas para financiamentos no Prodetur + Turismo. Com a medida, o MTur (Ministério do Turismo) pretende substituir os atuais formulários físicos e facilitar a tramitação, análise e acompanhamento dos projetos. O novo site para envio dos planos de investimentos pode ser acessado no https://bit.ly/2WCaoU4.

Com o novo portal, os proponentes podem acompanhar a tramitação de projetos em tempo real. Analistas técnicos vão enviar avisos para informar se as ações cadastradas estão alinhadas à Política Nacional de Turismo, ao Plano Nacional de Turismo e às diretrizes do programa.

Se os pré-requisitos forem cumpridos, os cadastros se habilitam a receber o Selo Oficial +Turismo. O carimbo identifica que o documento passou por análise prévia do MTur. Mais ainda, ele dá prioridade na tramitação com bancos contratados para a operação de crédito.

“São medidas para desburocratizar ainda mais o processo de acesso ao crédito no setor”, explica Robson Napier, secretário nacional de Estruturação do Turismo do MTur. “Cria-se um canal para agilizar a resolução de pendências”, acrescenta Napier, indicado em fevereiro para o cargo.

Prodetur + Turismo: recadastramento

Segundo o Mtur, empresas, municípios e estados já cadastrados no programa, mas ainda sem o Selo Oficial +Turismo, deverão se recadastrar. Até o momento, o Prodetur+Turismo recebeu 180 propostas, totalizando R$ 6,18 bilhões pleiteados. Dessas, 124 já receberam a chancela do MTur. Entre esses projetos aprovados, 30 são de empresas privadas, 89 de municípios e 5 de estados.

 “As 56 propostas que estão aguardando documentação complementar deverão ser recadastradas no novo sistema. Essa tramitação vai simplificar e dar celeridade à entrada desses projetos no Prodetur+Turismo”, ressalta Eduardo Madeira coordenador-geral de Planejamento Territorial do Turismo do MTur.

(*) Crédito da capa: geralt/Pixabay

(**) Crédito da foto: StockSnap/Pixabay

Comentários