Profissionais da área sanitária e governança listam novos protocolos de higiene

protocolos de higiene- dicasEspecialistas falaram sobre uso de EPIs, produtos e treinamento de equipes

Com a sinalização de reabertura do mercado, hoteleiros se preparam para retomar suas atividades seguindo as orientações de distanciamento social recomendadas pelas autoridades de saúde. Buscando auxiliar o setor neste momento delicado, profissionais da área sanitária e de governança listaram dicas de como realizar as adaptações necessárias e implementações de novos protocolos de higiene.

No último dia 27, o Hotelier News e Grupo R1 promoveram uma live voltada ao tema. Transmitida pelo YouTube, a conversa contou com a participação de Marcelo Boeger (Albert Einstein), Maria José Dantas (ABG), Mônica Fernandes Magela (CCIH) e os consultores da área de higiene, Ricardo Luís Paiva de Miranda e Roberto Faria.

O debate está disponível na íntegra no link. Hoje (1), o Hotelier News, R1 e Escola para Resultados realizarão mais um bate-papo focado na retomada do mercado, desta vez os convidados são gerentes gerais que discutirão formas de implementar as mudanças nas operações hoteleiras.

Protocolos de higiene: dicas

Abaixo, você confere as principais dicas pontuadas por especialistas:

  • Manter a hospitalidade sem hospitalizar os hotéis
  • O hotel deve olhar para a segurança de sua própria equipe e para a do hóspede, ajustando os processos de higiene e revisitando suas políticas de convivência para estar competitivo diante do olhar crítico de seu hóspede - com valores e hábitos moldados durante a quarentena.
  • Junto com o empoderamento do Setor de Governança, a Governanta vai ter que assumir responsabilidades, como definir processos, produtos e equipamentos que serão usados e orientar o Setor de Suprimentos e Gerência, o que é melhor para o Hotel. Com isso o investimento em conhecimento e na carreira profissional passar a ser fator primordial para as Governantas.
  • Acredito que a segurança do hóspede dentro da sua UH passa essencialmente pela segurança do profissional responsável pelo processo de higienização e limpeza. Portanto, se ele não trabalhar com segurança, o hóspede também terá.
  • O grande desafio das equipes operacionais é aprender a trabalhar usando os novos EPI's em acordo com os novos processos. E o desafio das lideranças é treiná-los e acompanhar! O treinamento das equipes será o grande diferencial para garantir a segurança dos processos
  • A higiene transcende um único departamento. Ela ocorre em todos os serviços durante todo o tempo e é responsabilidade de todos, inclusive do próprio cliente.
  • As superfícies participam intensamente da cadeia epidemiológica e colaboram na transmissão indireta do Covid-19. A correta limpeza e a desinfecção dos ambientes serão mais um diferencial competitivo."
  • O conceito de que Higiene é saúde fica cada vez mais fortalecido do que somente o subjetivo aspecto estético sobre coisas e o ambiente.
  • A cada dia a higiene e limpeza se firma como fator preponderante para tornar e manter vidas e ambientes saudáveis.
  • Não há uma só ação de qualidade que não se firme nos pilares da organização, da disciplina, da higiene e da limpeza.
  • Manter a higienização das mãos sempre antes e depois dos procedimentos é uma ação fundamental para controle de transmissão microrganismos

(*) Crédito da foto: KlausHausmann/Pixabay

Comentários