Projeto promete reforçar segurança no turismo de Balneário Camboriú (SC)

Ana Maria entre os policiais do 12° Batalhão da PM

A hotelaria de Balneário Camboriú (SC) contará com um reforço de segurança na alta temporada. Nesta semana, começou a ser implementada a Rede de Segurança de Hotelaria. O objetivo é unir profissionais de hospedagem para facilitar o contato com policiais, mirando a redução de ocorrências com turistas. O Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e o 12° Batalhão da Policia Militar de Santa Catarina são parceiros na iniciativa.

Inspirado no projeto “Rede de Vizinhos”, a iniciativa é se pauta na filosofia de polícia comunitária. Nela, uma rede organizada troca informações por meio de um app de mensagens instantâneas para acelerar os processos das ocorrências. Hoteleiros, chefes de recepção dos hotéis e, claro, representantes da Polícia Militar integram o grupo.

“O turismo é o combustível da cidade, por isso compreendemos a necessidade de ampliarmos a segurança para os turistas”, afirma o tenente Pigozzi, coordenador do projeto e membro do 12° Batalhão da PM. “Queremos que os hotéis sejam os olhos e os porta-vozes das ocorrências, para facilitar a nossa chegada aos locais e até mesmo prevenir crimes que acontecem com frequência na temporada”, completa.

Balneário Camboriú: entenda melhor

A rede de segurança será coordenada pela central de ocorrência do 12° Batalhão da Policia Militar. O projeto não tem custo para os hotéis que, após aderirem, receberão treinamento de postura, consulta de reincidentes e uma lista de regras sobre as funcionalidades do grupo. Além disso, placas semelhantes a “rede de vizinhos” deverão ser fixadas nos estabelecimentos participantes. 

A PM pede ainda que os hotéis mantenham câmeras de segurança externas para auxiliar nos processos. Por meio das imagens do equipamento, os policiais pode fazer reconhecimento de face e placas de automóveis envolvidos em delitos. O projeto pretende ainda montar um material institucional de prevenção, que apresentará leis e regras do que pode e o que não ser feito na cidade.

“Apesar de Balneário Camboriú ser uma cidade bastante segura em comparação com grandes centros turísticos, buscamos uma cidade cada vez melhor”, afirma Ana Maria dos Santos, presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau. “Por esse motivo, nossa hotelaria se compromete a ajudar a Polícia Militar no que for preciso. Sabemos que município tem dinamismo suficiente para agir com maior eficácia nessas situações”, finaliza.

Os hotéis interessados em integrar o projeto podem solicitar mais informações e o termo de adesão no contato@visitebc.com.br.

(*) Crédito da capa: Utility_Inc/Pixabay

(*) Crédito da foto: Divulgação/Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau

Comentários