Radisson Hotel Aracaju bane canudos plásticos na operação do A&B

Radisson Hotel AracajuDesde o banimento, 15 mil canudos deixaram de ser usados

Localizado no bairro de Atalaia, em Aracaju, o Radisson Hotel Aracaju, que integra o portfólio da Atlantica Hotels, baniu o uso de canudos plásticos em sua operação. Com a mudança, a unidade servirá drinques, sucos, refrigerantes e água de coco sem canudos. O hóspede pode solicitar um canudo de papel biodegradável, informa a administração do empreendimento.

A nova conduta, iniciada há três meses, foi responsável pela redução de 15 mil canudos plásticos utilizados no empreendimento. Alexandre Barros, gerente geral do Radisson Hotel Aracaju, explica que, além da economia, a prática foi adotada para reduzir os danos causados ao meio ambiente pelo descarte desses materiais.

“Com a divulgação de nossa campanha de desuso dos canudos plásticos, esperamos impactar todos os hóspedes, formadores de opinião, fornecedores e parceiros, convidando-os a apoiarem a causa”, explica Barros.

Radisson Hotel Aracaju: impacto na natureza

Segundo Barros, pesquisadores estimam que sejam despejados cerca de 10 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano apenas nos oceanos. "Alterar hábitos é uma das prioridades. A hotelaria tem papel fundamental em diminuir a poluição do planeta”, avalia.

A medida tomada pelo Radisson Hotel Aracaju segue uma tendência que se dissemina na hotelaria brasileira e mundial. Como noticia o Hotelier News quase semanalmente, a chamada cultura plastic free ganha adesões em todos os mercados, além de diferentes categorias de empreendimentos.

O Radisson Hotel Aracaju mantém também parceria com a FAM (Fundação Mamíferos Aquáticos). Por meio dela, o hotel faz a distribuição de canudos de aço inox para hóspedes habitues, além de presentear os principais clientes.

(*) Crédito da foto: rodgersm222/Pixabay

Comentários