Rede Arena (RJ) vive temporada de consolidação para novos produtos

José Domingo Bouzon, diretor, e Luiz Carlos Fogaça, diretor de Vendas, têm a missão de consolidar os novos produtos da rede
(foto: Filip Calixto)

Em julho do ano passado a Arena Hotéis abriu as portas de uma unidade em Ipanema, bairro nobre do Rio de Janeiro. A abertura fez com que a empresa chegasse a seu terceiro estabelecimento administrado e passasse a ter 435 quartos geridos na capital fluminense, mas também impôs nova realidade a uma companhia que, dois anos antes, era um único empreendimento. Com o salto de um para três, os gestores determinaram a atual temporada como crucial para a consolidação das novas ofertas e da marca Arena como rede.

"Este é um ano de afirmação para nós. Principalmente no mais novo dos hotéis, que ainda é uma opção muito recente na cidade mas já vem conseguindo bons índices", assegura José Domingo Bouzon, diretor da organização. A empreitada em busca do produto consolidado na cidade vem num momento diferente para todo o mercado do destino. O risco de oferta exacerbada, no entanto, não é um discurso dos líderes da rede. Segundo o diretor, a oferta do Rio e dos hotéis Arena serão testados nos meses de junho e julho, quando há um fluxo menor de turistas e que, neste ano, não há nenhum evento programado para o período.

"A cidade teve, por anos seguidos, eventos grandiosos nesse período e isso movimentou o mercado de turismo. Olimpíada, Copa do Mundo, Jornada Mundial da Juventude e outros acontecimentos coincidiram de ser nessa época e isso suprui a lacuna da sazonalidade. Este ano o cenário é outro e isso é um desafio", pondera o executivo.

Para essa questão, a solução escolhida está no reajuste de tarifas e na utilização habilidosa do preço flutuante, o conceito revenue management. Segundo Luiz Carlos Fogaça, diretor de Vendas dos três hotéis, a precisão na variação de preço pode ser o passo fundamental para alcançar metas e, paulatinamente, consagrar a oferta dos hotéis Arena entre o que há de melhor na cidade.

Historicamente, a ocupação do primeiro estabelecimento da empresa ficou fixada em 70%. Esse, portanto, é o número que os dois mais novos empreendimentos perseguem como ideal. Como o trio de prédios têm características de unidades corporativas, os hóspedes que viajam a trabalho seguem sendo objeto de interesse para os líderes da Arena. Mas clientes que viajam em férias e eventos também interessam.

Serviço
arenahotel.com.br

Comentários